Inovação

Robôs estão monitorando e inibindo a presença de pessoas em situação de rua em São Francisco

Redação Hypeness - 15/12/2017

Um robô produzido pela startup Knightscope vem sendo usado para impedir que pessoas sem-teto da cidade de San Francisco, Estados Unidos, permaneçam em algumas calçadas da cidade.
O robô autônomo – conhecido como K9 – trabalha patrulhando áreas definidas usando uma combinação de lasers, câmeras, sensor térmico e GPS, e alerta os serviços de segurança de atividades criminosas em potencial. A Knightscope criou o robô como parte de uma frota de combate ao crime fabricada e conseguiu ser uma opção mais econômica para a segurança.

Os robôs podem ser alugados por US $ 7 por hora – menos do salário médio de um guarda de segurança na área – e têm 1,5 metro de altura, pesam 400 quilos e podem andar até 4 km por hora.

Eles estão equipados com quatro câmeras, cada uma capaz de ler até 300 placas por minuto e enviar alertas quando os intrusos ou pessoas em uma “lista negra” estão em uma área.

Empresas como a Uber e a Microsoft já estão usando o equipamento para monitorar seus estacionamentos e escritórios na tentativa de prevenir o crime.

O problema é que, como estes robôs não vem sendo utilizados apenas em áreas particulares, mas também em áreas públicas, isso vem causando bastante polêmica na cidade. A Sociedade de Prevenção de Crueldade Animal, uma das instituições que vem utilizando o dispositivo para monitorar suas calçadas e inibir que moradores de rua permaneçam acampados na área, recebeu uma ordem da cidade para parar de utilizá-los imediatamente. Caso contrário passará a pagar uma multa diária de 1000 dólares.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.