Debate

Vídeo mostra modelos da Victoria’s Secret cantando música com insulto racista nos bastidores de desfile

por: Redação Hypeness

Um vídeo polêmico acabou vazando na web nesta quarta-feira (29). Na gravação, modelos da Victoria’s Secret aparecem nas bastidores de um desfile cantando uma música que possui um insulto racista, o qual elas também reproduziram.

A música cantada é Bodak Yellow, de Cardi B, que possui o trecho: “And I’m quick, cut a nigga off, so don’t get comfortable.” (e eu sou rápida em dar um fora no cara*, então não fique confortável).

Só que a palavra “nigga” é um dos mais populares insultos racistas dos Estados Unidos. Ela não possui uma tradução exata, embora tenha se chegado ao consenso que a expressão mais próxima em nosso vocabulário seria “crioulo”.

O caso possui dois lados. O primeiro é a legítima indignação de ver mulheres brancas reproduzindo uma palavra condenada pelo ativismo negro americano.

Outro, porém, é a forma como a palavra “nigga” ganhou um glamourizado contexto de gíria afro-americana nos últimos anos, sendo frequentemente utilizada por rappers e artistas negros, tanto que estava contida na própria letra da música, algo que movimentos negros e contra o racismo institucional no país condenam frequentemente.

De qualquer forma, a polêmica no Twitter já foi lançada.

“Espera. Essas brancas acabaram de falar a palavra que começa com N?” 

 

“Victoria’s Secret, demita todas elas por dizerem a palavra que começa com N de forma despreocupada”

 

“Todas essas brancas falando a palavra que começa com N”

 


“Se você não é negro, não diga a palavra que começa com N. Ponto final”

Publicidade

Fotos: Twitter/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Taís Araújo revela ter sofrido 2 abortos e reflete sobre novela: ‘Sofri’