Tecnologia

Agora o app Google Arts descobre que é seu ‘irmão gêmeo’ em obras de arte

por: Redacao_Hypeness

Publicidade Anuncie

Assim como os doppelgänger já viraram mania na internet (a descoberta de pessoas idênticas, mas que não são parentes, pelo mundo), volta e meia surgem apanhados de fotos e montagens na internet mostrando pessoas que descobriram um “irmão gêmeo” , porém em uma pintura antiga em um museu.

A nova atualização do app Google Arts & Culture trouxe uma função que será uma verdadeira fábrica de memes: encontrar justamente uma pintura que mostre alguém muito parecido com você.

Por meio de inteligência artificial, uma foto de rosto do usuário é comparada com um imenso banco de dados, de onde é retirada a pintura que revela a semelhança – apontando o nome da obra, onde ela se encontra, e inclusive a porcentagem de semelhança entre a pintura e a foto.

Dois exemplos de doppelgänger de museu que pipocaram na internet

Através do app é necessário que a foto seja tirada na hora, não podendo se utilizar uma foto já armazenada.

O recurso parece ainda não estar liberado para o uso no Brasil, mas pelo mundo a novidade já está fazendo o maior sucesso – basta uma busca nas imagens do Google para ver a quantidade de fotos em comparação postadas.

Até o ator de “Sillicon Valley” e “The Big Sick” Kumail Nanjiani já postou sua resultado – que de fato encontrou uma pintura bastante semelhante ao seu rosto.

Como ninguém produz memes como a internet brasileira, agora é esperar a hora do recurso estar liberado por aqui para vermos a enxurrada de postagens geniais que o app oferecerá.

Publicidade Anuncie

© fotos: reprodução/divulgação


Redacao_Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Boneco infiltrado em vídeos infantis que ensina suicídio chega ao Brasil; saiba identificar