Debate

Campanha denuncia o assédio no universo dos games

por: Redação Hypeness

Praticamente metade das pessoas que jogam games são mulheres, mas, a julgar pelos seus nicknames, fica difícil chegar a essa conclusão. Isso porque as jogadoras muitas vezes escondem seu gênero por trás de apelidos neutros ou masculinos para evitar comentários machistas.

Para chamar atenção para o problema, a ONG norte-americana Wonder Women Tech criou a campanha My Game My Name, buscando um mundo virtual em que não seja preciso esconder o gênero por trás do nickname para ser tratada com respeito.

A ONG convidou mulheres que jogam para dar depoimentos sobre a questão, compartilhando suas experiências. Além disso, gamers homens foram desafiados a jogar usando nicks femininos para sentir na pele aquilo que infelizmente pode ser rotineiro para as garotas.

Cavaco, Davy Jones, Fe Batista, Mudinho e Patriota são alguns dos players famosos que toparam fazer parte do importante projeto. Confira os vídeos:

 

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por que Trump pode estar interessado em comprar a Groenlândia