Fotografia

Diáspora: imigrantes (não modelos) celebram a influência da cultura africana na Europa

19 • 01 • 2018 às 05:33
Atualizada em 19 • 01 • 2018 às 06:59
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Desde 2015, a fotógrafa Dagmar van Weeghel se dedica a registrar retratos que contam histórias. Seus assuntos preferidos são temas relacionados à migração e identidade. Muitos de seus trabalhos prestam homenagem à população negra e à força cultural da África.

Diáspora, sua mais recente série, retrata homens e mulheres africanos que imigraram para a Europa. De acordo com um relato escrito por Dagmar para o site Bored Panda, a série foi inspirada por seu marido do Zimbábue, que se mudou para a Europa há nove anos. O restante da inspiração partiu de uma viagem à Andaluzia, no sul da Espanha, onde a presença moura deixou fortes raízes culturais.

A estética das imagens é inspirada nas aquarelas do pintor Josep Tapiró Baró e tem também influências do orientalismo, segundo a própria fotógrafa. Os retratos são criados de forma a exaltar a influência da cultura africana na Europa e desmistificar o olhar distorcido que costuma ser lançado sobre o continente.

Ao oferecer outra perspectiva, espero inspirar as pessoas a aprender mais sobre a nossa história compartilhada e, finalmente, espero mudar a forma como as pessoas vêem o mundo e aos outros“, escreveu ela.

Confira também outros trabalhos da fotógrafa!

Publicidade

Canais Especiais Hypeness