Arte

‘Mulher Maravilha 2’ é o primeiro filme a exigir conduta antiassédio sexual de equipe

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Mulher Maravilha 2‘ ainda está em produção, mas já pode ser considerada como um marco na histórica do cinema. Acontece que o filme deve ser a primeira produção cinematográfica a adotar oficialmente uma diretriz antiassédio sexual.

A informação foi divulgada durante o PGA Awards, quando a Producers Guild of America anunciou uma série de instruções que foram passadas para o elenco, os produtores e todos os funcionários envolvidos com o filme. A ideia é que todo o grupo de trabalho reconheça a existência do assédio e ajude a combater o problema.

A PGA diz que as diretrizes devem ser seguidas dentro e fora do set, cabendo aos diretores e produtores o exercício da liderança do grupo em busca de propagar um ambiente de respeito mútuo.

Gal Gadot vive a Mulher Maravilha

As recomendações citam leis estaduais, federais e até um treinamento contra assédio. Todas foram aprovadas com unanimidade pelo conselho da PGA.

Mulher Maravilha‘ teve problemas com assédio sexual em seus bastidores. O cofinanciador do filme, Brett Ratner, foi acusado de apresentar essa conduta contra diversas atrizes, como Olivia Munn e Ellen Page.

Brett Ratner

A direção de ‘Mulher Maravilha 2‘ será novamente de Patty Jenkins, com Gal Gadot, que exigiu a saída de Ratner para seguir no elenco, com o papel principal. O filme tem estreia marcada para 13 de dezembro de 2019.

Publicidade

Fotos: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Bohemian Rhapsody’ terá versão sinfônica com a Orquestra Petrobras em SP