Seleção Hypeness

5 causas e 15 instituições que merecem suas doações

por: Vitor Paiva

Se, por um lado, lamentavelmente os problemas do mundo são imensos e numerosos, por outro, são igualmente grandes as causas e instituições que lutam contra esses problemas, às quais podemos ajudar com nosso trabalho, dedicação, ideias ou com uma simples doação. Naturalmente que algumas causas específicas se conectam a cada um de nós de maneira mais pessoal ou direta, e nossos talentos e desejos pessoais podem ser forças fundamentais para que nossa ajuda a fim de melhorar o mundo seja ainda mais eficaz e melhor.

Não há, no entanto, causa melhor do que outra, e em verdade cada luta para que a vida por aqui melhore e, de modo geral, todas merecem atenção, dedicação e investimento. Caso o desejo do leitor seja de participar e contribuir com as questões mais gerais, é possível afirmar que cinco causas dão conta de uma boa parte dos problemas do mundo – e não por acaso essas foram as causas selecionadas pela empresa Visa para se tornar o foco de um grande projeto para ajudar causas sociais: Animais, Crianças e adolescentes, Educação e capacitação, Idosos e Saúde.

É claro que nem todos os problemas do mundo são contemplados pelas causas supracitadas – grandes dilemas atuais, como racismo, machismo, refugiados e muito outros merecem também toda atenção e dedicação. Como já foi dito, cada causa precisa de contribuições, e é por isso que mostramos nas próximas linhas as 15 instituições brasileiras parceiras de Visa que trabalham arduamente para o bem estar dos que mais precisam – e que precisam, elas próprias, das doações e contribuições de todos. São projetos comoventes, que atuam sem fins lucrativos, para promover ao máximo pessoas, lugares e ações que ajudam os mais necessitados – e, com isso, o mundo como um todo.

1. Casa do Zezinho

Localizada na Zona Sul de São Paulo, a Casa do Zezinho é um espaço de oportunidades de desenvolvimento de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. Trabalhando hoje com 900 “Zezinhos”, o projeto basicamente vislumbra mudar a vida desses jovens – e, assim, o mundo – através da educação, arte e cultura.

Para saber mais e participar, acesse o site oficial da instituição.

2. Instituto Muda Brasil (IMBRA)

O foco do Instituto Muda Brasil é a inclusão social através de práticas socioeducativas, empreendedorismo e ações de desenvolvimento comunitário. Trabalhando com escolas de formação, cursos de capacitação, treinamento de equipes, lideranças ou parcerias sociais, o trabalho do IMBRA visa desenvolver local e globalmente as comunidades onde atua – e, através dessas práticas, promover o desenvolvimento integral de jovens em situação de vulnerabilidade social.

Para saber mais e participar, corre lá para o Imbra.

3. Instituto Verter

Para alcançar nossos objetivos, capacitamos profissionais para atuar, desenvolver assistência e pesquisas nas áreas da promoção da saúde visual com responsabilidade social, em conjunto com um grande programa de voluntariado.

A cegueira não mata mas pode sequestrar a esperança de uma vida plena, e muitas vezes, coloca sua vítima trancada no escuro.

A falta de atenção aos cuidados com o órgão responsável pela percepção de mais de 80% de toda a informação que recebemos, chega a cegar uma pessoa no mundo, a cada 5 segundos! Pesquisa do IBGE de 2010 aponta 35 milhões de pessoas com dificuldades visuais e a baixa de visão como a maior causa de evasão escolar.

É contra este cenário que nos colocamos a frente para criar uma nova visão para o futuro. Uma transformação, do sentimento de exclusão para a certeza de um novo começo!
Cuidando para que nossas crianças alcancem com clareza o caminho e as conquistas de seus sonhos, o Instituto Verter busca, ao mesmo tempo, oferecer mais qualidade de vida para os idosos de hoje e a inclusão social de pessoas especiais.

Abra os olhos e faça parte desta transformação!

4. Projeto Guri

Promovendo a inclusão e a transformação social através da música, o Projeto Guri, em São Paulo, é considerado o maior programa sociocultural brasileiro – oferecendo, durante o contraturno escolar, cursos diversos em música, como iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, sopros, instrumentos diversos e muito mais, para crianças e adolescentes. São mais de 49 mil alunos atendidos por ano, em 400 polos diferentes.

Para saber mais e participar, entre no site oficial do projeto.

5. Instituto Luisa Mell

Nossa preocupação com o bem-estar tem de estar ligada a todo ser vivo, e o Instituto Luisa Mell trabalha no resgate e recuperação de animais feridos ou em situação de risco, em necessidade de adoção. Os animais são protegidos, cuidados e alimentados em um abrigo com mais de 300 bichinhos, enquanto aguardam pela chance de um dono para lhes oferecer mais cuidado e amor. Para além da adoção, porém, a causa animal e do meio-ambiente como um todo é fundamental para o Instituto.

Quer ajudar? Acesse o site oficial e saiba mais.

6. Associação VagaLume

Você sabia que uma em cada três crianças chega ao jardim de infância sem as habilidades necessárias para a aprendizagem ao longo da vida? Na Amazônia, esses dados são ainda mais alarmantes, uma vez que a região ocupa 61% do território nacional e possui apenas 8% das bibliotecas públicas do país.

Para contribuir com a melhoria desse cenário, a Vaga Lume empodera crianças de comunidades da Amazônia a partir da promoção da leitura e gestão de bibliotecas comunitárias como espaço para compartilhar saberes.

Para saber mais e participar, corra para o site oficial.

7. Instituto Guga Kuerten

Depois de proporcionar tantas alegrias como atleta, quando se despediu das quadras, o tenista que liderou o ranking mundial, em 2000, Gustavo Kuerten continuou trabalhando em prol da inclusão social – através do esporte. O Instituto Guga Kuerten foi criado logo após a segunda vitória de Guga em Roland Garros, com o objetivo de garantir atividades educativas, sociais e esportivas para crianças, adolescentes e pessoas com deficiência em Santa Catarina.

Para saber mais, corra para o site do instituto.

8. Grupo Vida Brasil

Todas as idades podem precisar de ajuda e melhorias, e o Grupo Vida Brasil promove o direito e a defesa dos idosos, valorizando o envelhecimento com qualidade de vida. Lutando primordialmente em nome da cidadania do idoso, seus projetos combatem preconceitos, e desenvolvem a saúde física e mental, oferecendo assistência social, lazer, cultura, esporte e ainda ações socioeducativas para os mais velhos em Barueri, São Paulo.

Para saber mais e participar, acesse o Vida Brasil.

9. Instituto do Câncer Infantil

Criado em 1991, o Instituto do Câncer Infantil (ICI) é uma organização sem fins lucrativos que atua para aumentar as chances de cura do câncer infantojuvenil. Referência na assistência de crianças e adolescentes com câncer, proporciona todo o auxílio necessário para a continuidade do tratamento.

Por meio do ICI, crianças e adolescentes contam com o apoio pedagógico, psicológico, nutricional, odontológico, medicamentos, exames especiais, além de vestuários, calçados e alimentos. O ICI também desenvolve projetos de Pesquisas Científicas dedicados ao avanço de novos tratamentos para o câncer infantojuvenil.

Mais informações no site do ICI.

10. Instituto Reação

Localizado no Rio de Janeiro, o Instituto Reação foi criado pelo judoca e medalhista olímpico Flávio Canto para promover a inclusão social e o desenvolvimento humano através do esporte e da educação. Utilizando o judô como instrumento educacional, o instituto trabalha desde a iniciação esportiva até o alto rendimento, formando, como diz seu slogan, “faixas pretas dentro e fora do tatame”.

Para saber mais e participar, acesse o site do Reação.

11. Instituto Gerando Falcões

“Nós acreditamos que em cada periferia, cada beco e cada viela existem falcões que podem voar e sonhar alto. Que em cada Fundação Casa ou presídio, existem homens e mulheres que podem recomeçar. Que em cada usuário de droga/dependente existe um lutador. Que em cada escola existem estudantes que podem deixar de ser “nota 2” e passarem a ser “nota 10”. O lema do Instituto Gerando Falcões é claro e fala por si, e essa visão é transmitida através de projetos que propaguem o esporte, a música e oportunidades de geração de renda dentro das comunidades e presídios.

Quer ajudar a gerar um falcão? Aqui você tem mais informações de como ajudar.

12. Projeto Velho Amigo

Logo de cara, pelo nome, fica clara a missão do Projeto Velho Amigo: promover a cultura de inclusão do idoso, assegurando seus direitos e valorizando sua contribuição para a sociedade. Por meio de assistência e desenvolvimento social, através da educação, do esporte, de serviços essenciais, da cultura e do lazer, o projeto atua na melhora da qualidade de vida do idoso, buscando resgatar a dignidade e a autoestima.

Para saber mais e participar, acesse o site oficial do projeto.

13. Fundação Gol de Letra

Criada em 1998 pelos tetracampeões mundiais Raí e Leonardo, a Fundação Gol de Letra trabalha com o desenvolvimento de cerca de 4.600 crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, no Rio e em São Paulo – através da educação. Reconhecida pela UNESCO como modelo mundial, o projeto promove a educação integral através do esporte, da cultura e da formação profissional.

Saiba mais e participe aqui.

14. AMPARA Animal

Tendo como missão transformar a realidade de cães e gatos abandonados no país, a AMPARA – Associação das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados atua de forma preventiva através de projetos educativos e mutirões de castração, além de oferecer suporte a mais de 240 ONGs e protetores independentes cadastrados. Cerca de 10 mil animais são mensalmente beneficiados, através de doação de alimentos, medicamentos, vacinas, atendimentos veterinários e eventos de adoção.

Para saber mais e participar, acesse o AMPARA.

15. Doutores da Alegria

Fundada em 1991, a ONG Doutores da Alegria trouxe uma ideia simples, porém revolucionária: levar a arte do palhaço ao universo da saúde de forma contínua. Com um elenco de 40 palhaços profissionais, a organização já realizou mais de 1,7 milhão de intervenções em hospitais públicos, além de manter outros projetos que envolvem saúde, cultura e assistência social.

Para saber mais, clique aqui.

É possível participar diretamente com cada instituto, ou ajudar quais quiser através de um gesto simples, cotidiano, mas que pode fazer uma grande diferença: o gesto de comprar algo. É que os institutos aqui dispostos foram os selecionados para fazerem parte do projeto, que justamente conecta as pessoas às causas que preferem.

O sistema do programa é simples: basta acessar o site, inscrever o seu cartão e escolher a causa ou a instituição para a qual deseja que a Visa faça suas doações. Então, cada compra realizada com o cartão a Visa significará automaticamente uma doação de um centavo, feita pela própria Visa, para a instituição ou a luta selecionada.

Um centavo pode não parecer muito, mas o número de clientes Visa no Brasil é imenso e, portanto, o potencial pode chegar a 60 milhões de reais anualmente. Assim, o mero gesto de gastar dinheiro passa a oferecer um sentido maior e mais nobre às nossas compras, que deixam de satisfazer somente a nós mesmos e passam a fazer o bem para todos.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
9 pessoas foram fotografadas antes e depois de ver a pessoa amada e o resultado fala por si