Debate

A disputa judicial que pode levar Giba à prisão por não pagar pensão alimentícia

por: Redação Hypeness

Antes um dos casais mais emblemáticos do vôlei, Giba e Pirv estão passando por um dos momentos mais complexos de suas vidas. Separados desde 2013, os ex-jogadores vivem uma disputa judicial a respeito de uma dívida de pensão alimentícia dos filhos, que segundo Priv, chega aos R$ 82 mil.

Livre de ser preso por causa de uma liminar, Giba se defende culpando falta de oportunidades de emprego de carteira assinada. O medalhista olímpico também teme que uma possível prisão afete sua imagem e torne as coisas ainda mais difíceis.

Para Pirv a história não é bem assim, pois segundo a romena naturalizada brasileira, além de ter uma renda da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), existem os patrocinadores e os direitos de imagem, que de acordo com ela, permitem que Giba pague um aluguel de 12 mil reais mensais de um apartamento em Curitiba.

“Se ele não tivesse dinheiro, eu renegociaria. Mas ele tem. Você acha que quero o pai dos meus filhos preso? Lógico que não é isso que eu quero, mas não tenho outra escolha. Todas as vezes que eu ligava, e liguei várias vezes, é sempre a mesma desculpa. ‘Quando tiver dinheiro, vou pagar.’ Mas por que o aluguel não está atrasado?,” conta em entrevista ao UOL.

Pirv e Giba vivem briga judicial por pagamento de pensão

Juntos por quase 10 anos, o relacionamento entre os dois teve início por volta de 2003, tempo em que Pirv, com 31 anos, era um dos grandes nomes do Minas Tênis Clube, enquanto Giba, de 26, cumpria suspensão por uso de maconha. No ano seguinte foi campeão olímpico e coroado o melhor do mundo.

Após a consolidação da união e o nascimento da primeira filha, Pirv decidiu largar a carreira. A escolha causou surpresa, pois mesmo aos 34 anos, a outrora melhor jogadora euorpeia, seguia jogando em alto nível. A romena se justificou dizendo que a família que estava começando a formar com Giba falou mais alto. Mas, enquanto Pirv cuidava da filha, o marido tocava normalmente sua trajetória de sucesso no esporte.

Falando ao UOL, Pirv diz enxergar agora um machismo muito forte envolvendo sua dedicação exclusiva à família, resultando no fim precoce da carreira de jogadora.

“Tudo isso não é pouco machismo não, é muito. Deixei minha carreira lá atrás para cuidar da família. Pensava que nossa família ia para frente, que a carreira dele era brilhante. Quando eu casei com ele, ele não era isso e eu já tinha minha história. Me dói falarem: ‘Vai trabalhar’, falarem que ele me mantém. Me dói porque saí de um país comunista, com 14 anos, para realizar um sonho.”

O começo do fim se iniciou em meados de 2011, quando pela primeira vez a Pirv soube das amantes, que segundo ela, Giba mantinha em segredo. No tempo em que o agora ex-marido jogava na Argentina, ela diz ter o encontrado com outra nas ruas de Buenos Aires. Os dois acabaram se separando e Giba ofereceu 10 mil reais de pensão e ela aceitou. Mas, a falta de pagamento acabou tumultuando tudo.

Com a discussão se arrastando por cinco anos, Pirv lamenta por nunca ter recebido a pensão dos filhos na data acordada. Alegando nunca ter exigido o valor revisado, ela admite insatisfação ao ver o ex-marido trabalhando na TV e não cumprindo o acordo. Giba teve passagens pela TV Globo, Bandeirantes, na última participou de um reality show onde especula-se que cada participante tenha recebido R$ 25 mil de cachê por semana. Ele ficou três.

“Desde 19 de janeiro ele não vê os filhos, rebate Pirv. Ele mora na mesma cidade que as crianças e alega, na Justiça, que não tem emprego. Eu sei quanto ele ganha porque eu sou do meio do vôlei, fui empresária dele, esposa.”

Mesmo com a situação indefinida, Pirv garante que as crianças estão lidando bem com os fatos e recebendo acompanhamento psicológico. Agora, a decisão está nas mãos da justiça, que caso derrube a liminar obtida pelos advogados, levará Giba à prisão, já que no Brasil o não pagamento de pensão alimentícia é crime inafiançável.

O que diz Giba

Oficialmente o ex-jogador se nega a falar sobre o assunto, entretanto pelas redes sociais se queixou do valor da pensão e ainda lamentou o fato de sua carreira de sucesso no esporte ter sido usada como justificativa.

“É uma justiça que coloca o nome e a fama do pai como valor para pagar pensão e não a real necessidade dos filhos. Vivemos em uma sociedade sem noção,” falou a um de seus seguidores. 

Giba argumenta ainda que Pirv não permite que ele esteja com os filhos o tanto quanto gostaria e que chegou a ficar um mês sem vê-los. Com isso ela contraria a versão da ex-mulher de que ele teria trânsito livre com as crianças.

“Relembrando um momento especial que passamos no Rio! Pecado que mesmo tendo chegado ontem, depois de um mês longe, só poderei vê-los amanhã, pois não foi autorizado pela mãe! Vida que segue”, postou o ex-jogador de vôlei”

Segundo o UOL Esporte, Giba atrasou a pensão algumas vezes sem que Pirv reclamasse, mas o que teria a deixado irritada seriam as postagens e reclamações dele por meio de sua conta no Instagram.

 

Publicidade

Foto: Reprodução/UOL


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Após ameaças, Felipe Neto ganha de amor ao apoio de personalidades