Debate

George e Amal Clooney doarão US$ 500 mil para marcha de alunos contra armas

por: Redação Hypeness

George e Amal Clooney irão se unir aos sobreviventes do ataque a tiros em uma escola de Parkland, na Flórida, que organizaram uma manifestação contra as atuais políticas de armamento da população nos Estados Unidos.

O casal irá doar 500 mil dólares (cerca de 1,6 milhão de reais) para que os estudantes consigam organizar uma massa relevante em prol de pressionar o presidente Donald Trump.

Amal e eu estamos tão inspirados pela coragem e eloquência desses meninos e meninas do colégio Stoneman Douglas. Nossa família estará presente no dia 24 de março ao lado dessa incrível geração de jovens de todo o país, e em nome de nossos filhos Ella e Alexander, nós estamos doando US$ 500.000 para ajudar a financiar este evento fundador. A vida dos nossos filhos depende disso“, disseram os Clooney em comunicado.

George e Amal Clooney

Diversas celebridades, como Jennifer Lopez, Luis Fonsi, Kim Kardashian, Ellen DeGeneres e Oprah Winfrey, se pronunciaram favoravelmente ao movimento, intitulado Marcha pelas nossas vidas.

Oprah, inclusive, disse que também irá fazer a doação aos estudantes.

“George e Amal, eu não poderia concordar mais. Estou me unindo a vocês e também irei doar 500 mil dólares para a ‘Marcha por nossas vidas’. Essas crianças inspiradoras me lembraram dos Viajantes da Liberdade (ativistas pelos direitos civis dos negros nos anos 1960) que também disseram BASTA, e suas vozes serão ouvidas.”, disse Oprah. 

Os políticos americanos estão absolutamente divididos sobre essa questão, o que impediu mudanças significativas na legislação americana. Na administração de Barack Obama, porém, o ex-presidente fez campanha pública em prol de revisões da política de armamento do país. Obama enfrentou massacres em escolas como o de Sandy Hook, em 2012, que tirou a vida de 26 pessoas.

Trump, porém, foi eleito com apoio de inúmeras organizações que defendem o livre acesso dos americanos ao armamento. Atualmente, cerca de 40% dos habitantes do país possuem uma arma em casa.

Sobreviventes de Parkland organizam marcha contra armas

O ataque em Parkland deixou 17 pessoas mortas e foi causado por Nikolas Cruz, de 19 anos, que havia sido expulso da instituição tempos atrás. Mesmo apresentando sinais severos de distúrbios psiquiátricos, ele conseguiu comprar uma rifle legalmente.

Publicidade

Fotos: foto 1: Alessandro Bianchi/Reuters/Reprodução; foto 2: @PatJRiley/Twitter/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Maisa diz que parou de comer carne e dá dicas de filmes relacionados ao vegetarianismo