Inspiração

Jovem com Down cria empresa de meias ‘malucas’ e inspiradoras e fatura R$ 6 milhões

16 • 02 • 2018 às 08:51
Atualizada em 02 • 08 • 2019 às 18:17
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Um par de meias pode ser uma peça de roupa tediosa e sem charme – como uma mera meia branca, bege ou mesmo preta – ou pode ser um detalhe feliz e divertido. As meias da marca John’s Crazy Socks definitivamente se enquadram na segunda opção, trazendo estampas temáticas, coloridas, com mensagens engraçadas e até mesmo inspiradoras. A alegrias dessas meias se traduziu em sucesso, e em pouco mais de um ano a empresa já vendeu mais de 42 mil pares, gerando uma receita de cerca de 2 milhões de dólares, ou aproximadamente 6 milhões de reais.


John e suas meias milionárias

A empresa foi fundada por Mark e John, pai e filho, e é aí que entra um outro diferencial do empreendimento: John possui síndrome de down. A ideia veio de John, que sempre adorou meias diferenciadas e personalizadas, e o nome da empresa é em sua homenagem – as “Meias Malucas de John”. Não por acaso, o compromisso da empresa com a causa é total. Todos os funcionários são portadores de alguma necessidade especial e 5% do lucro é doado para as Olimpíadas Especiais. O próprio John é também um atleta.


Mark e seu filho John

Estampas natalinas, com animais divertidos e até mesmo com a artista Frida Kahlo caracterizam as meias da marca que, segundo Mark, alcançou o sucesso por conta dos três pilares que melhor definem o espírito da John’s Crazy Socks: levar esperança e inspiração, retribuir e oferecer um excelente serviço ao cliente.

Cada pedido é enviado com uma nota especial de gratidão feita por John, que garante que simplesmente trata as pessoas como gosta de ser tratado – uma premissa simples que, ao mesmo tempo, é uma lição profunda, entre tantas, para muitas empresas e muita gente.

Publicidade

© fotos: divulgação/Facebook


Canais Especiais Hypeness