Inspiração

Quem é o professor do interior de SP que disputa o prêmio ‘Nobel da Educação’

por: Tuka Pereira

Publicidade Anuncie

O professor brasileiro Diego Mahfouz Faria Lima, de 30 anos, está entre os dez finalistas do Global Teacher Prize, prêmio conhecido como o “Nobel da Educação”, organizado pela Varkey Foundation, instituição filantrópica com sede em Londres (Inglaterra). O educador é diretor da Escola Municipal Darcy Ribeiro, localizada no bairro Jardim Santo Antônio, na cidade de São José do Rio Preto (SP).

De acordo com o texto de apresentação, na página do prêmio, quando Diego chegou para liderar a escola, ela era conhecida por ser a mais violenta e dominada por drogas daquela área, com os maiores números de evasão escolar. Agora, o local possui fortes laços com toda a comunidade, os estudantes sentem que têm voz e são ouvidos e a maioria dos pais participam das reuniões escolares.

Projetos para mediação de conflitos e redução de abstenções funcionaram e a maior parte da escola agora tem um lugar dentro da comunidade onde todos sabem que são bem-vindos, graças às iniciativas do profissional.

Uma das exigências para participar da premiação é se comprometer a utilizar parte do prêmio para desenvolver projetos sociais. Caso vença, o professor pretende fundar uma ONG para trabalhar com crianças e adolescentes carentes.

Atualmente em sua 4ª edição, o prêmio distribui US$ 1 milhão (R$ 3,3 milhões) para o vencedor, que também vai atuar como embaixador para a Varkey Foundation, comparecendo a eventos e fazendo palestras com o objetivo de valorizar a profissão do professor. O critério de escolha vai além do trabalho feito em sala de aula e reconhece esforços do educador em prol da comunidade.

Em 2017, a canadense Maggie McDonnell, que transforma a vida de estudantes de uma comunidade marcada por casos de suicídio, venceu o prêmio que teve o brasileiro Wemerson da Silva Nogueira entre os finalistas.

Os vencedores de 2018 serão conhecidos em 18 de março em uma cerimônia em Dubai.

Abaixo você pode ver Bill Gates anunciando os finalistas:

Publicidade Anuncie

Imagens: Reprodução


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
As merendeiras que salvaram 50 crianças fazendo barricada com freezer e mesa na cozinha