Ciência

Solidão deve ser considerada uma doença crônica, segundo pesquisa

por: Redação Hypeness

Aquilo que a psicologia e a psiquiatria já sabem há décadas enfim começa a ser reconhecido por outras áreas clínicas e científicas: a solidão pode atuar sobre o corpo como uma doença, capaz de provocar sintomas físicos, e não somente psicológicos.

A partir de pesquisas que comprovam que pessoas solitárias possuem mais problemas de saúde, se sentem piores e podem até morrer mais cedo, a solidão deve ser oficialmente considerada uma doença crônica.

E os números não são discretos: uma pesquisa inglesa concluiu, a partir da análise de milhares de casos, que a solidão pode aumentar em 50% a possibilidade de uma morte prematura. Aumento da pressão sanguínea, colesterol, depressão, diminuição na capacidade cognitiva e até mesmo o surgimento de Alzheimer podem ser afetados intensamente por sentimentos de solidão e isolamento.

A solidão aumenta o estresse e eleva o nível de cortisol, hormônio que pode diminuir os efeitos do sistema imunológico, expondo o corpo a possíveis infecções e doenças. Da mesma forma, a solidão inibe a produção de oxitocina, também conhecido como “hormônio do amor” – diretamente envolvido na construção de relacionamentos, pares, paixões e parcerias afetivas. Esse hormônio, além de nos ajudar a amar e estar junto, reduz o estresse, diminui a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos.

A parte boa é que não é preciso tomar remédios para curar tal mal – o que pode ser também a justa má notícia para alguns: a solução é mesmo estabelecer relações sociais. Animais de estimação ajudam, mas a cura mesmo está em encontrar outras pessoas, e conviver com elas. Mesmo o mais isolado dos ermitões sabe o bem que outro corpo humano, outra voz humana falando com você é capaz de provocar – a ciência agora está simplesmente dando um nome para isso.

Publicidade

© fotos/artes: Getty Images/divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
NASA simula como seria o pôr do sol em outros planetas