Debate

Tarantino se desculpa após Uma Thurman revelar ter sofrido acidente nos bastidores de Kill Bill

por: João Vieira


O diretor Quentin Tarantino ganhou as manchetes após Uma Thurman, recorrente estrela de suas obras, vir a público falar sobre uma ocasião em que sofreu graves lesões em um acidente de carro nos bastidores do ‘Kill Bill‘. Ela acusou Tarantino de ter sido negligente com sua segurança.

Em artigo publicado no The New York Times, a atriz expõe toda sua irritação com Tarantino. Ela publicou o vídeo do acidente em suas redes sociais, um clipe que a produtora Miramax, temendo represálias jurídicas, havia impedido a artista de assistir.

Ela ressaltou, porém, que o diretor se arrependeu do que fez. “Quentin Tarantino se arrependeu profundamente e continua arrependido por esse lamentável incidente”, disse ela.

No entanto, a atriz disse que Tarantino também foi conivente com o abuso sexual sofrido por ela por parte de Harvey Weinstein. Chamado de “predador” após uma série de mulheres o acusarem de agressões do tipo, o produtor trabalhou em ‘Kill Bill’.

Uma Thurman e Quentin Tarantino nos bastidores de ‘Kill Bill’

Após o artigo ser publicado, Tarantino veio a público manifestar arrependimento pelo acidente causado nos bastidores do filme. “Eu disse a ela que ficaria tudo bem, que a estrada era reta. Disse que seria seguro. E não era. Estava enganado. Não a obriguei a entrar no carro. Entrou porque confiou em mim. E acreditou em mim”, disse ele ao site Deadline.

Thurman sentiu que a cena era perigosa e pediu um dublê, mas o diretor a convenceu de que não havia perigo. “É um dos maiores remorsos da minha vida. Como diretor, você aprende coisas, e às vezes aprende através de erros horríveis. Esse foi um dos meus erros mais horríveis, não percorri a estrada uma vez mais para comprovar o trajeto”, afirmou.

Thurman sofreu acidente de carro nos bastidores do filme

Na legenda do vídeo divulgado, Thurman diz que Tarantino foi quem lhe entregou a cópia do vídeo. “Fez isso sabendo plenamente que poderia lhe prejudicar, e tenho orgulho dele por fazer o que era certo e por sua coragem”, disse, acusando os outros produtores, Lawrence Bender, E. Bennett Walsh e Harvey Weinstein, de “mentirem, destruírem provas e continuarem mentindo” sobre o ocorrido.

Veja o momento do acidente:

i post this clip to memorialize it’s full exposure in the nyt by Maureen Dowd. the circumstances of this event were negligent to the point of criminality. i do not believe though with malicious intent. Quentin Tarantino, was deeply regretful and remains remorseful about this sorry event, and gave me the footage years later so i could expose it and let it see the light of day, regardless of it most likely being an event for which justice will never be possible. he also did so with full knowledge it could cause him personal harm, and i am proud of him for doing the right thing and for his courage. THE COVER UP after the fact is UNFORGIVABLE. for this i hold Lawrence Bender, E. Bennett Walsh, and the notorious Harvey Weinstein solely responsible. they lied, destroyed evidence, and continue to lie about the permanent harm they caused and then chose to suppress. the cover up did have malicious intent, and shame on these three for all eternity. CAA never sent anyone to Mexico. i hope they look after other clients more respectfully if they in fact want to do the job for which they take money with any decency.

A post shared by Uma Thurman (@ithurman) on


Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução; foto 2: Divulgação


João Vieira
Com seis anos de jornalismo, João Vieira acredita na profissão como uma ótima oportunidade de contar histórias. Entrou nessa brincadeira para dar visibilidade ao povo negro e qualquer outro que represente a democracia nos espaços de poder. Mas é importante ressaltar que tem paixão semelhante pela fofoca e entretenimento do mais baixo clero popular.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Médica disse que meu filho estava morto, mas ele nasceu vivo’, casal denuncia negligência de hospital