Ciência

Tubarão fêmea devora colega macho e prova que ‘não é não’

por: João Vieira

Publicidade Anuncie

Uma verdadeira batalha sangrenta tomou conta de um dos tanques do aquário de Seul, na Coreia do Sul. Dois tubarões, uma fêmea e um macho, se enfrentaram na água e a coisa ficou feia.

A fêmea de 8 anos acabou comendo seu companheiro de tanque de 5, começando pela cabeça e partindo para o corpo todo. Ao todo, ela demorou 21 horas para completar a “missão”.

O ato de canibalismo foi resultado de uma briga que os dois tubarões tiveram por conta de, provavelmente, o macho ter invadido o território da fêmea. “Tubarões possuem seus territórios”, disse um funcionário do aquário para a Reuters. “De vez em quando, um invade o espaço do outro e acabam produzindo cenas espantosas”.

Apesar de ter se esforçado para fazer do colega uma refeição, a tubarão fêmea deve vomitar em algum momento os restos mortais do companheiro, segundo previsão dos funcionários que cuidam do tanque. A briga foi registrada em vídeo e as imagens estão sendo analisadas para entender o que aconteceu.

Tubarão fêmea comeu colega macho no aquário

 

Publicidade Anuncie

Foto: Reprodução


João Vieira
Com seis anos de jornalismo, João Vieira acredita na profissão como uma ótima oportunidade de contar histórias. Entrou nessa brincadeira para dar visibilidade ao povo negro e qualquer outro que represente a democracia nos espaços de poder. Mas é importante ressaltar que tem paixão semelhante pela fofoca e entretenimento do mais baixo clero popular.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Amor nerd: Fãs de ficção científica são melhores parceiros no amor, aponta estudo