Debate

A Ilha que quer tornar legais as clínicas para suicídio assistido

por: Kauê Vieira

Membros do parlamento Guernsey, uma pequena ilha localizada no Canal da Mancha, estão se preparando para aprovar uma lei que legaliza clínicas especializadas em suicídio assistido.

Bastante controversa, a medida conta com o apoio do ministro-chefe Gavin St Pier, defensor do poder de escolha individual. 

“Se trata de entregar o poder de escolha nas mãos das próprias pessoas. Assim elas podem se controlar ao invés de terem seus destinos decididos por terceiros. Para mim isto é muito importante.”

O ministro-chefe defende a implementação da lei do suicídio assistido

St Pier cita uma experiência pessoal com seu pai como justificativa para o incentivo. “Meu pai morreu há nove anos por causa de problemas cardiovasculares. Foi um momento muito estressante. Não era o tipo de morte que ele ou nós escolheríamos,” declarou ao tabloide britânico Mirror.

No sistema vigente, uma pessoa que assiste a outra a morrer pode ser preso e condenado a 14 anos de reclusão. Recentemente, o Reino Unido registrou o caso de uma pessoa que entrou na justiça demandando o direito de morrer.

Trata-se de um homem de 54 anos, conhecido como Omid T, em estágio avançado de uma doença com atrofias múltiplas em seu sistema.

“Diante do sofrimento causado por esta doença degenerativa, sua condição física está completamente deteriorada. Ele não pode ser curado ou ter o sofrimento amenizado, ou seja, a vida se tornou inviável pra ele”, declarou seu advogado, Paul Bowen.

 

Publicidade

Foto: Wikipédia


Kauê Vieira
Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por que Trump pode estar interessado em comprar a Groenlândia