Debate

Acusado de fraude, prêmio causa incerteza ao oferecer R$ 800 mil para escritores

por: Redação Hypeness

Uma história mais do que nebulosa está dando o que falar no meio literário. Com doses consideráveis de fake news, um suposto prêmio promete oferecer 200 mil euros, pouco mais de R$ 800 mil, a escritores brasileiros, o que vem tirando o sono do publicitário Vitor Germano.

“Eu estou apavorado, a minha empresa é só um quarto. Eu vivo de fazer site,” declarou em entrevista ao site BuzzFeed News.

Responsável pela programação do site do Babel Book Award, Germano nega qualquer tipo de participação no conteúdo e se defende dizendo ter sido vítima de um golpe. O publicitário confirma ter recebido cerca de 700 euros (R$ 3 mil reais) pelo serviço em pagamento feito por meio de uma transação internacional, mas chama a atenção pela pressa do cliente para que tudo ficasse pronto.

“Nenhuma vírgula do site eu botei, nada do que está ali fui eu que criei. Se isso estava fazendo mal para alguém, ou se era um golpe, eu não tenho como checar.”

Em conversas mantidas em sua maioria por e-mail, Vitor afirma ter sido procurado por uma mulher chamada Claudia Mueller – responsável também pela criação de uma página falsa na Wikipédia sobre o concurso, mas sem qualquer registro de premiação em dinheiro.

Esclarecimento aos leitores A edição da revista Quatro Cinco Um que chega hoje para os leitores traz um anúncio…

Posted by Quatro Cinco Um on Thursday, March 1, 2018

 

Quatro Cinco Um

A história se tornou pública depois de um post publicado pela revista especializada em literatura, Quatro Cinco Um, questionando a veracidade do prêmio e uma provável tentativa de apropriação de enredos originais e inéditos enviados pelos autores.  

Editor da revista, Paulo Werneck, argumenta ter entrado em contato com os organizadores depois encontrar a notícia em um site dedicado ao mercado editorial.

O intuito era de publicar um anúncio promovendo a incitativa, mas segundo Werneck uma pessoa identificada como Claudia negou a existência de verba publicitária. Porém, depois de algumas trocas de e-mail chegaram a um acordo de 500 euros (R$ 2 mil) pela propaganda, contrariando o piso da revista de R$ 6 mil por um espaço publicitário.

Segundo Paulo Werneck a exceção foi aberta por se tratar de um prêmio de interesse cultural e que só desconfiou da veracidade com os rumores refutando a existência do Prêmio Babel.

“Imagina um prêmio oferecendo 200 mil euros para um autor brasileiro. Isso deu esperança a muita gente. Quando a gente percebeu que poderia não ser uma coisa séria, resolvemos publicar um apelo no Facebook para que as pessoas não enviassem seus originais até que a situação se esclareça”, disse Werneck ao BuzzFeed.

Por hora, o Babel Book Award não se manifestou publicamente confirmando ou negando a existência da premiação. Em todo o caso, a informação sobre a recompensa de 200 mil euros permanece em destaque em seu site oficial.

O site mantém a informação sobre a premiação em dinheiro

Publicidade

Foto: Reprodução/Site Oficial


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Relato denuncia política racista do Facebook contra funcionários negros