Debate

Descubra as profissões em que as pessoas se divorciam mais… E menos

por: Redação Hypeness

A notícia a seguir deve ser lida com bastante atenção por casados e também os que pretendem consumar a união. O site Flowing Data publicou recentemente uma pesquisa apontando as profissões envolvendo os maiores e menores casos de divórcio.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número de separações subiu 75% nos últimos cinco anos no Brasil, fenômeno que pode estar ligado por exemplo com o aumento das exigências no trabalho.

Se você é bartender, precisa ficar atento com os rumos da relação

Pois as tais exigências estão retratadas nos estudos, que apontam a expressividade dos riscos de divórcio para ocupações como as de bartenders, que têm 52.7% de chances de um rompimento na relação. Talvez os motivos estejam alojados nas grandes jornadas de trabalho noite adentro.

Por sua vez, os índices de divórcio caem pela metade quando se trata de profissões bem remuneradas e com uma carga horária mais bem definida, caso por exemplo dos profissionais de medicina. O grupo tem 17% de chances de separação.

Apesar da rotina, médicos tendem a ter uniões duradouras

Porém, não adianta mudar de carreira para tentar salvar o casamento. Para os especialistas, além das profissões, o estilo de vida de cada pessoa conta muito.

“Os dados dizem mais sobre a pessoa do que qualquer outra coisa. O fato relevante é de como as pessoas levam suas vidas,” explica estatístico responsável pelo levantamento Nathan Yau, em entrevista ao Business Insider.

A lista completa:


Profissões com o menor risco de divórcio:

Atuário — 17%
Físicos — 18.9%
Médicos e cientistas — 19.6%
Clero — 19.8%
Desenvolvedores de sistema, aplicativos e softwares — 20.3%
Terapeutas físicos — 20.7%
Optometrista — 20.8%
Engenheiros químicos — 21.1%
Diretores, ativistas religiosos e educadores — 21.3%
Cirurgiões — 21.8%

As profissões com o maior risco de divórcio:

Administradores de jogos — 52.9%
Bartenders — 52.7%
Aeromoças  — 50.5%
Funcionários de Cassino — 50.3%
Operadores de máquina — 50.1%
Telefonistas — 49.7%
Projetistas de máquinas — 49.6%
Operador de Telemarketing — 49.2%
Operadores de máquina têxtil — 48.9%
Empacotadores — 48.8%

Publicidade

Foto: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Na Dinamarca, combate à depressão é feito com prescrição de ‘vitamina de cultura’