Arte

E se o cenário do filme ‘Me Chame Pelo Seu Nome’ fossem as telas de Monet?

por: Redação Hypeness

Se o trabalho do pintor francês Claude Monet já é parte do imaginário universal como uma das mais importantes e geniais obras artísticas em todos os tempos, novos artistas, mesmo que em outras áreas que não a pintura, conseguem aos poucos trilhar as primeiras grandes obras de suas carreiras – como é o caso do diretor de cinema Luca Guadagnino e seu premiado filme Me Chame Pelo Seu Nome. Vencedor de melhor roteiro adaptado no Oscar desse ano, e ainda indicado a melhor filme e melhor ator, o filme de Guadagnino é marcado não só por sua comovente história, mas também pela beleza de sua fotografia, de seus cenários e cenas.

Em uma sobreposição justificada pela beleza de ambos os trabalhos, o perfil de instagram @cmbynmonet selecionou algumas fotos de cenas do filme e substituiu o fundo e os entornos da imagem por quadros do pintor impressionista francês. O link para a conta é a junção das iniciais do filme em inglês com o sobrenome de Claude Monet, e o resultado ressalta a beleza e o impacto de ambos os trabalhos – o filme e as pinturas. O nome do perfil não podia ser mais adequado: Call Me By Monet.

Curiosamente o principio de tal sobreposição não é tal aleatório ou meramente estético como pode parecer: a inspiração para a novela que serviu de base para o roteiro do filme, do escritor americano André Aciman, veio justamente de um quadro de Monet, de 1884. O desejo do autor foi de povoar com personagens a casa que o tal quadro revela – e agora essa conta no Instagram faz o caminho contrário, envolvendo tais personagens de volta com o gênio e a beleza das pinturas de Monet.

Publicidade

© fotos: Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Agenda Hype: 23 roles quentes para um fim de semana cheio de arte