Inspiração

Ela jura que seu gato preto voltou para casa após ficar desaparecido por 5 anos

por: Redação Hypeness

Amizades verdadeiras sempre encontram uma maneira de durar. Nguhi Muturi de Dallas, Texas, ganhou um gatinho, a quem batizou de Panther, quando tinha apenas nove anos de idade.

Os dois viveram felizes juntos até que a menina cresceu e teve que sair de casa para ir à faculdade em outra cidade, em 2015. No entanto, durante este tempo, Panther sumiu.

“Ele saiu da casa e nunca mais voltou”.

Cinco anos e algumas voltas loucas do destino mais tarde, um gato parecido com Panther apareceu na casa da família de Nguhi. Seus pais organizaram uma inspeção completa do felino, pois ele não tinha garras nas patas dianteiras. E por um toque surpreendente do destino, o gato era Panther.

Eu não posso acreditar que isso é real. Eu ainda estou em choque, mas o meu primeiro animal de estimação, o meu gato chamado Panther, acabou de chegar em casa após passar os últimos cinco anos desaparecido”, contou a jovem no Twitter.

Depois que Panther fugiu, foi levado para um abrigo em uma cidade a 24 km de distância. Enquanto estava lá, uma mulher o adotou e o manteve por alguns anos antes que ele retornasse para casa. Por sorte, os pais da mulher também se tornaram vizinhos dos pais de Nguhi.

Algum tempo após Panther desaparecer, ele foi encontrado por um abrigo para animais numa cidade próxima a nossa, cerca de 24 quilômetros longe de casa. Ele foi adotado e morou com outra mulher em outra cidade. Ela salvou a vida dele e lhe deu o nome de Charlie. Ela ficou com ele por um tempo mas, quando não pode mais cuidar dele, deu o gato para os pais dela. Os pais dessa mulher são… os meus vizinhos. Eles moram com o Charlie há mais de um ano”.

Os vizinhos insistiram para que Panther ficasse com seus antigos proprietários, mas eles decidiram que isso não era possível e eles o devolveram, já que eles já tinham um novo gato e cachorro em sua casa.

Mas as coincidências continuaram já que o cachorro que os pais de Nguhi atualmente possuem, um husky siberiano, já pertenceu aos mesmos vizinhos que adotaram Panther.

“Esses são os mesmos vizinhos que compraram um husky siberiano que eles não conseguiam criar. Eu comecei a tomar conta do cachorro, até que eles perguntaram se eu gostaria de adotá-lo. É claro que eu disse sim e foi assim que, no ano passado, eu adotei o meu garotão Trotsky. E tudo isso acontecia enquanto o meu gato perdido estava morando na casa dos meus vizinhos. Eu adotei o cachorro deles e eles adotaram o meu gato”.

Nguhi ainda disse que foi por isso que, quando Trotsky, o husky siberiano, “conheceu” Panther, não estranhou, pois já se conheciam: “É por isso que ele não ficou maluco ou latiu. Ela já conhecia o Panther. Eles moraram juntos antes. Nós descobrimos isso depois que nosso vizinho ligou para casa perguntando se nós tínhamos visto o Charlie, já que ele havia sumido o dia inteiro”, contou no Twitter.

Embora Panther vá continuar com os vizinhos, Nguhi poderá visitá-lo quando quiser.

Publicidade

Imagens: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Vaquinha de bailarina filha de diarista consegue 5 vezes o valor da meta