Inspiração

Mulher de 92 desafia expectativa de ‘semanas de vida’ para conhecer tataraneta

por: Redação Hypeness

Há dois meses atrás, Jean Roper, de 92 anos, recebeu um diagnóstico terminal. Sofrendo com problemas renais, segundo os médicos ela teria pouco mais de duas semanas de vida e era a hora de começar a se despedir.

A notícia da morte eminente deixou todos abalados, especialmente os netos, que enxergavam Jean como o alicerce da família. Mas, ao descobrir que seria tataravó (isso mesmo) de uma menina pela primeira vez e que de quebra a criança herdaria seu nome, algo incrível aconteceu. A saúde de Jean melhorou da noite para o dia.

Jean venceu uma doença terminal para conhecer a tataraneta

Com o passar das semanas, o prazo dos médicos se esgotou e Jean, agora oficialmente uma tataravó, conhecia sua xará. “Ela não conseguia se conter de tanta alegria”, disse ao site da People uma de suas netas.

Para se ter ideia do efeito positivo da tataraneta no prolongamento da vida de Jean, além de ter se livrado completamente das complicações renais, ela conseguiu superar a depressão que sofria desde a morte do filho mais velho, vítima da mesma doença que quase tirou sua vida.

Ah, essa vovó determinada teve ainda a oportunidade de celebrar 75 anos de casamento com Edward, de 94 anos. Que a vida seja ainda mais longa.

 

 

Além de enganar a morte ela ainda comemorou 75 anos de casamento

 

Publicidade

Foto: Reprodução/People/Kayla Tracy Photography


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A história de como a forma de coração se tornou símbolo do amor