Inspiração

A linda vitória de Shaquem: com mão amputada, atleta se torna profissional na NFL

por: Redação Hypeness


Para se tornar um profissional em um esporte ultracompetitivo como futebol americano é preciso se superar.

Por isso, quando um linebacker como Shaquem Griffin corre 40 jardas em 4.38 segundos e tem o melhor tempo de um atleta da mesma posição desde 2003 o mundo todo presta atenção. Tudo isso foi acompanhado ainda por uma carreira extremamente promissora pela University of Central Florida, a UCF, sendo selecionado com um dos melhores defensores da NCAA, a liga de atletas universitários americana.

Isso tudo dava a Shaquem peso suficiente para tornar-se profissional. Um pequeno empecilho sobrava: alguma equipe da NFL precisaria apostar em um atleta amputado.

Bem, o resultado saiu melhor que o esperado quando Shaquem foi escolhido neste sábado (28) pelo Seattle Seahawks, franquia por qual outro Griffin, Shaquill, irmão gêmeo de Shaquem, já havia sido draftado um ano antes.

“Eu poderia ter sido uma daquelas crianças que sentem toda a negatividade dos outros sobre si. Muitos treinadores e jogadores diziam que futebol [americano] não é para quem tem apenas uma mão, só para quem tem as duas”, disse Griffin numa entrevista. “Em vez disso, eu sempre transformei a negatividade em algo positivo. Sempre usei a negatividade como um combustível para me levar a fazer melhor. Todas as vezes que alguém dizia que eu não podia fazer algo, era quando eu tinha a certeza de que iria fazê-lo”.

Veja o momento que ele descobre que foi draftado para jogar ao lado do irmão:


Shaquem foi selecionado na quinta rodada do Draft 2018 da NFL , como o 141º no geral, desde 1970, nenhum jogador amputado foi selecionado no Draft da NFL.

Abaixo ele já aparece sendo apresentado como jogador do time ao lado, obviamente, de seu irmão:

#AgainstAllOdds

Os irmãos gêmeos norte-americanos Shaquem e Shaquill Griffin sempre foram apaixonados por esportes, tendo praticado atletismo, baseball e futebol americano durante a infância, e ambos podem estar jogando em breve por times da NFL, a maior liga do esporte da bola oval. Só que há um detalhe: Shaquem não tem uma das mãos.

Ele nasceu dois minutos depois de Shaquill e foi diagnosticado com Síndrome da Banda Amniótica, uma doença que atrapalha a formação de partes do corpo do feto. No caso de Shaquill, o membro afetado foi a mão esquerda, cujos dedos não se desenvolveram corretamente.

Aos 4 anos, as dores constantes fizeram que o pequeno Shaquem tentasse cortar os dedos com uma faca de cozinha. Seus pais o impediram e marcaram uma amputação para o dia seguinte. Desde então, ele vive sem a mão, mas isso nunca o impediu de continuar praticando esportes.

E agora é prepara-se para ver os irmãos Griffin derrubando adversários um atrás do outro. Exatamente com fizeram as adversidades da vida até aqui.

Publicidade

Imagens: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ninguém é ‘normal’; animação estimula auto aceitação entre crianças