Ciência

Afinal, é possível ter ressaca de maconha? Veja o que a ciência diz

por: Redacao_Hypeness

Publicidade Anuncie

Ainda que a maconha absolutamente não se compare aos males de uma noite de álcool ou outras drogas mais pesadas, o uso excessivo pode provocar efeitos colaterais indesejados no dia seguinte, como uma espécie de ressaca. Se você fuma muita maconha, ou se fumou uma grande quantidade em um curto período de tempo, o dia seguinte pode sim não te deixar esquecer da noite anterior.

A resposta, portanto, é sim – a maconha pode provocar ressaca, ainda que raramente, e a desidratação é a palavra chave. A ressaca de maconha não se compara, no entanto, ao que o álcool ou o cigarro provocam em nosso corpo. Trata-se de um efeito brando e suportável, que pode ser facilmente contornado. Usuários já afirmaram sentir dor de cabeça em um dia seguinte, por exemplo, ainda que não aja qualquer comprovação de que a maconha possa provoca-las. De toda forma, para evitar essa reação, é fundamental manter-se sempre hidratado. Tais dados foram levantados em um estudo de 2005.

Publicidade

Um sintoma mais comum é a sensação de se estar grogue, lento ou cansado. Além de hidratar-se, a melhor maneira de lidar com esse sintoma é se mover – sair de casa e praticar alguma atividade física. Os olhos secos também podem permanecer pela manhã, questão resolvida com colírios ou soros fisiológicos.

São sintomas leves e contornáveis, que podem ser evitados durante o uso, com cuidados simples, ou ao dia seguinte, sem que um dia inteiro seja jogado fora, como muitas vezes acontece após uma noite de bebedeira, por exemplo.

Publicidade Anuncie

© fotos: divulgação


Redacao_Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Amor de verdade: Fãs de Pokémon têm parte do cérebro dedicada ao desenho