Debate

Alex Atala diz que jovens são veganos ‘por ser cool’, e dá show de desinformação

por: Kauê Vieira

Considerado um dos chefs mais renomados do Brasil, Alex Atala deixou muita gente irritada ao afirmar que jovens são veganos por ser ‘cool’, ou seja, rejeitam o consumo de carne, ovos e derivados do leite apenas para serem descolados.

Durante entrevista concedida à Época Negócios, Atala criticou a proteção excessiva aos animais, dizendo ser necessário discutir também “como aquela soja foi produzida? Como aquela comida vegana foi produzida? E se todo mundo virar vegetariano? O que vai acontecer com o planeta? Tem condição?”

A fala do chef, que responde pelos cardápios do Açougue Central e do Bio, surpreendeu por desconsiderar a busca por hábitos alimentares mais saudáveis em um país onde a obesidade cresceu 60%.

Alex Atala diz que jovens são veganos para serem descolados

Isso mesmo, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde, entre os anos de 2006 e 2016, a prevalência da doença passou de 11,8% para 18,9%, trocando em miúdos, uma em cada cinco pessoas está acima do peso no Brasil. Parte da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para a Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), os dados apontam que com o avanço da obesidade, também cresceram os registros de doenças como diabetes e hipertensão.

Ou seja, é preciso sim discutir com a sociedade a necessidade da instauração de hábitos alimentares mais saudáveis. Nesse sentido, o veganismo dá uma contribuição importante, pois ao colocar em xeque o consumo excessivo de carne, propõe uma mudança de postura.

Entretanto, para Alex Atala, que critica o discurso apaixonado pelos animais, não existe uma preocupação no mesmo grau com os meios de produção das comidas ou com as condições das áreas degradadas do país.

“Existe uma forma de agricultura hoje que não mata animais, mas esteriliza ecossistemas, o que é muito mais grave. Por que o discurso só apaixonado pelos animais? Vamos discutir: como aquela soja foi produzida? Como aquela comida vegana foi produzida? E se todo mundo virar vegetariano? O que vai acontecer com o planeta? Tem condição?”, critica.

É inegável que em função do lucro a agricultura, aqui representada pelo agronegócio, vem sendo responsável pelo deterioração de ecossistemas no mundo todo. Porém, a produção pecuária tem participação tão nociva quanto. E aqui pra nós, será que ambos os lados não estão sendo colocados contra a parede?

Segundo matéria publicada pela BBC, a indústria pecuária utiliza 68% dos quase 5 bilhões de hectares de terra disponíveis. A reportagem sugere ainda que se todos virassem vegetarianos, 80% destes pastos seriam espaços dedicados ao reflorestamento, aumentado a absorção de carbono para a aliviar as mudanças climáticas.

Talvez o ideal seja um discurso que procure o equilíbrio e uma vida saudável, tanto para os seres humanos, quanto para os animais e os ecossistemas em geral. Como diz o Tim Benton, especialista em segurança alimentar da Universidade de Leeds, no Reino Unido, “se consumirmos um pouco menos de carne hoje em dia, deixaremos um mundo um pouco melhor para nossos filhos e netos.”

Publicidade

Foto: Reprodução/YouTube


Kauê Vieira
Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Igreja separa José e Maria em jaulas em crítica contra política de imigração