Futuro

Alunos aprendem de forma mais eficaz em livros impressos do que telas, indica estudo

por: Mari Dutra

De uns tempos para cá, parece que os livros escolares se tornaram objetos obsoletos. Ao invés deles, os estudantes aprendem com a ajuda de aplicativos especiais e computadores de última geração. Mas será que isso é tão bom quanto parece?

A resposta é não.

Pesquisadores na área de aprendizagem e compreensão de texto analisaram as diferenças entre ler informações impressas e em mídias digitais. Segundo análises realizadas desde 1992, estudantes tendem a compreender melhor leituras impressas para textos com mais de uma página, indica um artigo publicado pelo Business Insider.

Para comprovar isso, os cientistas conduziram um novo estudo. Eles solicitaram que os participantes definissem primeiro qual seu meio preferido para leitura. Depois, todos foram convidados a ler duas passagens de texto (uma impressa, a outra online) e completar três tarefas:

  1. Descrever a ideia principal do texto
  2. Listar pontos importantes cobertos pelas leituras
  3. Oferecer outros conteúdos relevantes dos quais pudessem lembrar

 

Ao final, os estudantes foram convidados a indicar como acreditavam que havia sido sua performance.

Como resultado, os pesquisadores perceberam que, embora estudantes prefiram ler em meios digitais, leiam mais rápido e acreditem compreender mais nestes meios, a compreensão destes foi melhor em leituras impressas.

Um pequeno grupo de estudantes, no entanto, apresentava melhor desempenho em leituras digitais. Nesses casos, eles também costumavam demorar mais analisando o conteúdo da tela do que lendo os livros impressos.

Publicidade

Foto em destaque: Giulia Bertelli/Unsplash

Fotos no corpo do texto: Joseph Chan/Unsplashfreestocks.org/Unsplash


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Foto de pássaro alimentando filhote com cigarro prova que a humanidade falhou