Debate

Casa em SP alugada via AirBnb é destruída após festa com jogadores

por: Kauê Vieira

Publicidade Anuncie

Lançado em 2008, o Airbnb é um serviço online comunitário para pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações e meios de hospedagem. Apesar do longo período de existência, a startup só ganhou destaque recentemente com o aumento de usuários e anfitriões.

Em tempos de crise a ferramenta se tornou uma alternativa para complementar a renda, isso pois oferece ao membro a chance de disponibilizar sua casa para aluguel de curto período. Por temporada, final de semana, não importa, basta se cadastrar, disponibilizar algumas fotos da residência, estipular um valor e pronto. A partir daí é só aguardar o contato de interessados e fugir dos preços mais salgados praticados por hotéis ou espaços de festas.

Julia encontrou sua casa destruída

Membra do Aibnb desde janeiro deste ano, a roteirista Julia Priolli, de 39 anos, teve uma surpresa nada agradável ao chegar em sua casa no bairro Alto de Pinheiros, em São Paulo, depois de um fim de semana alugando o imóvel por intermédio do aplicativo.

Ao entrar na residência onde vive com os dois filhos e o namorado, Julia ficou em choque. Cadeiras fora do lugar, canos quebrados, paredes sujas, itens pessoais espalhados pelo ambiente e toalhas sujas de vômito e com vestígio de fezes. Todos elementos formadores de um cenário de destruição.

“Eu ainda estou calculando o prejuízo. Tudo vai depender do orçamento de pintura. Se vai ter que trocar a banheira ou não. Se vou precisar sair da casa. Então ainda não sei. E têm coisas que não tem como dizer o valor, como dormir fora de casa 5 dias, perder 2 dias de trabalho”, lamentou em entrevista concedida ao Hypeness.

Segundo a roteirista tudo se deu em função descumprimento por parte dos inquilinos de um acordo firmado no momento da locação. Seis pessoas, era esta a condição para que a casa fosse alugada pelo fim de semana. Mas, Julia diz ter fotografias comprovando a presença de 150 convidados para uma festa de arromba.

De acordo com informações do Universa, o evento foi feito para comemorar o aniversário de Matheus Rivoredo e reuniu personalidades do esporte, como o atacante do Grêmio André, o atleta do São Bento Lucas Crispim, ex-namorado de Rafaela Santos, irmã de Neymar, Giovanni Augusto do Vasco, Ricardo Lucarelli, da Seleção Brasileira de Vôlei e o cantor Mariano, da dupla Munhoz e Mariano.

Ao Hypeness, Julia afirmou que os contatos foram feitos com Gabriel Martins, sócio proprietário de um empresa de representação de jogadores de futebol, a Global Sports & Entertainment. “Gabriel, o inquilino, disse que vinha com um casal de amigos para um casamento. Não me pareceu que fosse fazer nenhuma maldade. Minha casa tem churrasqueira, eu até ofereço carvão, mas para 6 pessoas”, explicou.

Gabriel por sua vez negou a existência de qualquer tipo de festa. Se dizendo ciente das regras, disse que realizou apenas um churrasco para seis convidados. Ele refutou ainda a ciência do estado da casa.

“A proprietária entrou em contato comigo reclamando da sujeira do imóvel e das roupas de cama, problemas esses que tentei solucionar me disponibilizando a pagar por toda a limpeza e a lavagem. Logo depois ela atribuiu à minha estadia inúmeros objetos quebrados que não foram utilizados, como máquina de lavar por exemplo, que eu não sei nem usar”, se justificou ao UOL.

O sofá foi encontrado do lado de fora e com marcas de cigarro

Julia contesta a afirmação de Gabriel, dizendo que as fotografias só não registraram a dimensão total dos danos, pois foram tiradas após o trabalho de uma faxineira. Revelando o incômodo sentido ao se deparar com um cenário de destruição, com direito a camisinhas e absorventes jogados pelo chão, a roteirista contou que a moça não foi contratada pela família, mas foi por meio dela que descobriu o acontecido.

“Tinha um faxineira lá. Por isso as imagens  não são tão terríveis. Ela já tinha limpado uma parte. Mas não dava pra entrar. Essa faxineira era mulher do churrasqueiro, que deixou uns cartões na minha casa. O instagram dele ‘gordochurrascos’ é que revelou tudo. Eu consigo provar só pelas fotos do Instagram umas 30 pessoas a mais.”, completou.

“Como usuária eu percebi que é muito inseguro”

Dois dias. Este foi o período que Julia e sua família tiveram que esperar para receber o primeiro contato por parte do Aibnb. Apontando um excesso de burocracia, a roteirista disse que em um primeiro momento recebeu apenas uma mensagem por escrito com orientações de como fazer uma queixa pelo site. O fato, diz, prejudicou bastante processo de ressarcimento, já que ela acabou mexendo nos objetos.

“Somente 48 horas depois me ligou uma pessoa mais treinada, de Dublin, muito prestativa, explicando que eu poderia ter ido a um hotel, que deveria ter contratado uma empresa de faxina profissional que emitisse nota, mas nesse ponto já era meio tarde. Entendi também que era melhor não ter mexido em nada. Mas é a casa que eu moro. Precisava voltar. Agora essa moça que está se comunicando comigo agora por email desde Dublin, disse que serei ressarcida. Espero que sim”, finaliza.

Os escritos na lousa fazem referência ao evento de aniversário

O Airbnb prevê seguro de até Us$ 1 milhão, mais de 3 milhões de reais, contra danos ao patrimônio. A empresa afirma ainda que o procedimento padrão é de 24 horas para o atendimento.

Julia, que acaba de registrar um boletim de ocorrência citando que o aluguel foi realizado via Airbnb para Gabriel Martins, confirma a existência do seguro, mas critica as medidas de segurança adotadas pela empresa.

“Como usuária percebi que é muito inseguro. Eu não conseguia saber o CPF do inquilino. Se eu soubesse que ele era empresário de futebol acho que nem alugava. O anfitrião só tem como checar se o cara foi verificado pelo site. Ou bem avaliado”, lamenta.  

Julia encontrou ainda toalhas sujas com fezes

O que diz o Airbnb?

Por meio de sua assessoria de imprensa, a empresa norte-americana confirmou a expulsão de Gabriel Martins por violação de conduta e se disse à disposição para maiores esclarecimentos. Em nota enviada ao Hypeness, o Airbnb ressaltou ainda que “está prestando todo apoio à anfitriã desde o momento em que foi informado desse incidente lamentável”.

Segundo a relações públicas da startup Leila Suwwan, Julia “está coberta pelo nosso seguro de até US $ 1 milhão contra danos ao patrimônio e a plataforma também ofereceu cobrir outros custos inesperados para aliviar o inconveniente enfrentado pela família”.

Leila disponibilizou ainda serviço de limpeza e informou que a documentação de danos enviada pela anfitriã já foi recebida e está em análise prioritária devido à gravidade do caso.

Leia a nota na íntegra:

“O Airbnb está prestando todo apoio à anfitriã desde o momento em que foi informado desse incidente lamentável. Ela está coberta pelo nosso seguro de até US $ 1 milhão contra danos ao patrimônio e a plataforma também ofereceu cobrir outros custos inesperados para aliviar o inconveniente enfrentado pela família.

O hóspede foi removido da plataforma por violação das regras da plataforma. O Airbnb já registrou mais de 300 milhões de chegadas de hóspedes em anúncios no mundo inteiro e incidentes como este são extremamente raros.”

Publicidade Anuncie

Fotos: Arquivo Pessoal


Kauê Vieira
Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ameaçado de morte por selinho, soldado critica postura da PM contra homofobia