Arte

Cinemateca Brasileira cria Netflix dos filmes nacionais clássicos e raros

por: Redação Hypeness

Alguns dos mais antigos e raros filmes nacionais estão disponíveis para serem assistidos gratuitamente através do Banco de Conteúdos Culturais do site da Cinemateca Brasileira. Obras ligadas às grandes produtoras do início do cinema brasileiro, como Atlântida e Vera Cruz, podem ser assistidos ou mesmo baixados diretamente do site, que também disponibiliza todas as informações técnicas de cada filme.

Cena do filme “O Homem de Sputnik”

Clássicos como “O Homem do Sputnik”, de 1959, “Assim Era Atlântida”, de 1974 (da Atlântida) ou “O Cangaceiro”, de 1953 e “Tico-tico no Fuba”, de 1952 (da Vera Cruz) podem ser vistos na íntegra no site, entre muitos outros. O banco de dados também oferece obras bastante antigas, ainda silenciosas, dos anos 1920 e 1930, entre comerciais, filmes oficiais ou simplesmente filmagens raras de cidades ou eventos.

Cena do filme “O Cangaceiro”

O Banco de Dados Culturais é resultado de anos de pesquisa, catalogação e documentação da Cinemateca Brasileira. Os filmes já disponíveis representam somente uma parte do acervo integral, que vem sendo atualizada e complementada com o passar do tempo. O site também disponibiliza cartazes, roteiros, propagandas e material jornalístico.

Tônia Carreiro e Anselmo Duarte em “Tico-tico no Fubá”

Se você quer descobrir as raízes e as profundezas da história do cinema brasileiro, esse é lugar.

Cena de “Assim Era Atlântida”

Publicidade

© fotos: reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista retrata a passagem do tempo através de várias camadas de pintura