Futuro

Contra desperdício, marca catalã cria canudinhos comestíveis

por: Redação Hypeness

Depois de poucos minutos de uso em nossos copos ou simplesmente como elemento decorativo, após utilizado um canudinho plástico pode durar mais de 4 séculos na natureza até sua decomposição. Não é por acaso que canudos estão entre os 10 produtos de plástico mais encontrados em praias e oceanos pelo mundo: trata-se de um imenso problema diluído em milhões e milhões de canudos produzidos, usados e jogados fora diariamente que precisa de uma solução – e quem diria que tal solução seja simplesmente comer o canudo.

É claro que não estamos sugerindo que ninguém engula tubos de plástico, mas sim do Sorbos, invenção de uma startup de Barcelona que pode alterar esse poluente ciclo citado e servir de inspiração para outras iniciativas similares. Feito de açúcar, gelatina e amido de milho, o Sorbos é um canudo biodegradável, reciclável e comestível. Com somente 24 calorias, cada canudo pode vir nos sabores limão, lima, canela, maçã verde, morango, gengibre ou chocolate.

O grande dilema na criação do canudo era chegar a uma fórmula que não alterasse o sabor da bebida e que também não se desfizesse quando utilizada. Depois de um ano de testes, o Sorbos hoje resiste durante 25 minutos perfeitamente em contato com bebidas frias e geladas, sem derreter e sem prejudicar o gosto da bebida em questão.

Não é por acaso que a empresa já recebeu 2 grandes prêmios na Espanha pela inovação e sustentabilidade de seu invento – são diversos os países que já começaram a inibir ou mesmo proibir a fabricação de canudos de plástico. Se você hoje é do tipo que gostar de morder os canudos de plástico em sua bebida, saiba que no futuro seu hábito poderá ajudar a salvar o meio-ambiente.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Luxemburgo vai se tornar o 1º país europeu a legalizar totalmente a maconha