Inspiração

Criado há 10 anos para combater assédio, #metoo tem crescimento mapeado pelo Google Trends

por: Redação Hypeness

Embora tenha se popularizado recentemente, a hashtag #MeToo já está completando uma década de vida.

Criada pela ativista Tarana Burke, a expressão ganhou força após as denúncias contra o produtor de Hollywood Harvey Weinstein. Foi nessa época que diversas famosas passaram a usar (e popularizar) a hashtag.

O movimento que expõe os números do assédio e a forma como ele se encontra em todas as esferas vem crescendo em importância e o Google Trends encontrou uma maneira maravilhosa de mostrar isso. A empresa lançou o site Me Too Rising que permite visualizar as buscas pela expressão em tempo real com os dados do buscador.

Uma linha do tempo disponível na parte inferior do site mostra a quantidade de buscas efetuada a cada dia, desde 1º de outubro de 2017 (momento em que o termo passou a ser monitorado). Um mapa mostra ainda quais cidades estão buscando pela expressão no mundo inteiro. Ao clicar em uma cidade, é possível ver os principais resultados de pesquisa relacionados a ela (em inglês).

A plataforma foi criada para reconhecer o Mês da Conscientização sobre a Violência Sexual, celebrado em abril. “Os dados representam as tendências globais de pessoas pesquisando pelo movimento nas 300 principais cidades [que pesquisaram pela expressão] todos os dias“, diz o site do projeto.

Como parte da campanha, a gigante de buscas disponibilizou uma página com recursos que podem auxiliar vítimas de violência sexual, que vão desde textos informativos até linhas de telefone e chats que prestam suporte às vítimas.

Veja também o vídeo gravado pelo Google com a ativista Tarana Burke falando sobre a iniciativa (em inglês):

Publicidade

Fotos: Reprodução Google


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Galvão Bueno cita Joaquin Phoenix e ‘Oscar’ em pedido de desculpa a repórter