Sustentabilidade

Enzima poderosa capaz de digerir garrafas PET é criada por cientistas

por: Redação Hypeness

Cientistas e ambientalistas de todo o mundo têm se empenhado em buscar maneiras de reduzir o impacto que o uso desenfreado de materiais plásticos causa no planeta. E a última – e poderosa – descoberta aconteceu meio que por acaso.

Em 2016, cientistas japoneses descobriram a Ideonella sakaiensis, uma bactéria capaz de digerir plástico do tipo polietileno tereftalato, ou PET, aquele das garrafas de refrigerante. Uma equipe de britânicos e norte-americanos passou então a estudar a bactéria.

Eles perceberam era uma enzima, batizada de PETasa, a responsável por degradar as partículas plásticas. Ao analisar a estrutura da PETasa com um raio-X de brilho dez bilhões de vezes mais forte do que o do Sol, eles modificaram uma das partes da enzima, a tornando ainda mais poderosa para ‘digerir’ o plástico, o quebrando em partes menores e facilitando o reaproveitamento pela indústria de reciclagem.

Agora, o grupo de cientistas quer continuar o trabalho até que a enzima possa ser produzida em grande escala e utilizada no setor industrial, aumentando o potencial de reciclagem do plástico que temos atualmente. Mas, por maiores que sejam os avanços feitos e por surgir, a maior aliada no combate ao excesso de lixo plástico segue sendo a conscientização e a redução do consumo.

Publicidade

Foto: Pixabay (Creative Commons CC0)


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Holanda inclui plantas e flores em pontos de ônibus para presentear as abelhas