Sustentabilidade

Islândia replanta florestas arrasadas pelos vikings há mil anos

por: Mari Dutra

A Islândia está cada vez mais em alta como destino turístico. Apesar de suas paisagens incríveis, o país esconde uma verdade desconcertante: um alto índice de desmatamento.

Isso nem sequer é novidade por lá, já que grande parte das florestas que cobriam o país desapareceram há mais de mil anos, quando os vikings chegaram à região. Nos últimos anos, mais de 3 milhões de árvores já foram replantadas no território, mas a recuperação ainda é lenta.

Hoje, cerca de 40% do país é deserto, mas o Icelandic Forest Service está trabalhando para reduzir o efeito causado por séculos de desmatamento. Ainda assim, estima-se que, apesar dos esforços, o crescimento das florestas tenha sido de apenas 0,5%.

Atualmente, o objetivo da Islândia é recuperar sua área florestal dos atuais 2% para 12% até 2100. Para isso, eles contam com a ajuda de plantas não-nativas capazes de auxiliar na recuperação dos solos, pois a única espécie de árvore autóctone na região, a Betula pubescens, não está se adaptando ao replantio.

Publicidade

Fotos via Unsplash


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sustentabilidade para pets: empresa brasileira cria linha de produtos eco friendly