Debate

Marca é acusada de nazismo por coleção com Cruz de Ferro e uniformes militares

por: Redação Hypeness

A marca catarinense Lança Perfume acaba de lançar uma coleção homenageando os diferentes períodos históricos da cultura alemã. Fruto de uma “profunda e extensa pesquisa”, a linha causou surpresa, especialmente pela parte em que se inspira na militarização alemã. 

Como bem se sabe, no início do século 20 o exército alemão foi usado como peça central para a instauração do que ficou conhecido como um dos maiores crimes da humanidade, o nazismo. Além dos casacos esverdeados e coturnos pretos outro símbolo ganhou significado diferente durante e após o regime de Adolf Hitler, a Cruz de Ferro.

Agora, os uniformes em tons de verde e vermelho do exército e a própria Cruz de Ferro integram a coleção Noite de Berlim da grife brasileira. O que evidentemente não foi bem recebido pelo público em geral. 

Ainda é muito delicado falar sobre nazismo na Alemanha

A Cruz de Ferro é uma condecoração militar surgida no Reino da Prússia e concedida pela primeira vez em março de 1813 pelo rei Frederico Guilherme III. Honraria militar instituída nas Guerras Napoleônicas foi utilizada até a Segunda Guerra Mundial, quando houve uma ruptura.

O fim do uso da Cruz de Ferro como honraria militar data de maio de 1945, quando o objeto se tornou uma referência ao período do nazismo, um dos mais nefastos da história da humanidade. Isso pois em 1939 Adolf Hitler revalidou a Ordem da Cruz de Ferro, colocando uma suástica no centro da medalha.

Cruz de Ferro utilizada como honraria no nazismo

O reflexo é sentido até os dias de hoje. Dá pra perceber facilmente um constrangimento entre os alemães, que continuam hesitando em reviver o símbolo em função das atrocidades cometidas por Hitler. Em 2008 houve uma tentativa fracassada de ressuscitar a Cruz de Ferro por parte do então Ministro da Defesa, Franz Josef Jung, que se viu obrigado a recuar em função da repercussão negativa. “Nós não estamos pensando em recriá-la, mas é evidente que precisamos pensar em uma medalha de honra para nossos soldados”.

Expostos os fatos nota-se que a adoção do símbolo ainda é bastante delicada, principalmente diante da memória recente de um período tão triste para a história da humanidade. Imagine os riscos de estampar a  Cruz de Ferro em roupas de grife.

A coleção da Lança Perfume está sendo associada ao nazismo

Entretanto, a Lança Perfume refuta qualquer tipo de associação com nazismo, lembrando que o item foi instituído antes do regime eugenista. Por meio de nota, a empresa reafirma a inspiração na noite alemã.

“Utilizamos vários elementos e um deles foi a Cruz de Ferro e isso não é algo de criação nazista. A Cruz de Ferro foi instituída pelo Rei da Prússia ainda no século XVIII para homenagear os soldados prussianos que se destacassem por bravura no campo de batalha. Já, em 1871, quando a Alemanha foi formada, ela passou a ser adotada pelo exército alemão, e assim o é até hoje”.

 

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fundadora do Nubank diz que é difícil contratar negro e que não quer ‘nivelar por baixo’