Debate

Quênia proíbe sacolas plásticas e morte de animais marinhos sufocados cai 67%

por: Redação Hypeness

Desde agosto de 2017, o Quênia sancionou uma lei de proibição de sacolas plásticas que ficou conhecida como a mais severa do mundo. A medida prevê prisão de até quatro anos e multas de US$ 40 mil para quem produzir, comercializar ou até mesmo utilizar as tais sacolas.

Logo que a lei foi sancionada na época, as pessoas e a indústria ficaram chocadas e teve muito mimimi, textão no Face e aquele ladainha que acontece toda vez que as pessoas se veem diante de uma nova grande mudança em suas vidas.

Com o passar dos meses foi possível perceber que os benefícios foram inúmeros, sobretudo para o meio ambiente. Entre a lista de coisas positivas, a quantidade de animais marinhos que são encontrados mortos por sufocamento provocado por sacolas plásticas caiu 67%.

O sucesso da lei é tamanho que ela em breve deverá ser replicada em países como Uganda, Tanzânia e Sudão do Sul.

Publicidade

Imagens: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Capa apenas com empreendedores brancos mostra que jornalismo não encara o racismo