Inspiração

‘Veganos Pobres Brasil’ compartilha receitas de baixo custo sem ingredientes de origem animal

por: Redação Hypeness

As prateleiras de produtos veganos nos supermercados fazem com que pareça quase impossível aderir a uma dieta sem ingredientes de origem animal, mas isso não poderia estar mais longe da verdade.

Com a intenção de mostrar que o veganismo também pode ser econômico, um grupo no Facebook compartilha apenas receitas com baixo custo e zero crueldade animal.

Trata-se do Veganos Pobres do Brasil, criado há cerca de dois anos por Caroline Soares. “Este grupo foi criado para desmistificar que veganismo é um estilo de vida caro, e você, como um Vegano Pobre, está mais do que convidado a ajudar-nos nessa missão“, diz a descrição.

Ao portal Vista-se, a criadora do grupo diz que se tornou vegana há dois anos. Na época, já participava de diversos grupos de receitas sem nada de origem animal no Facebook, mas sempre se deparava com ingredientes com preços exorbitantes. Foi aí que surgiu a ideia de criar um espaço para compartilhamento de receitas veganas de baixo custo.

Além do grupo, Caroline também administra a página Veganos Pobres do Brasil, onde publica receitas, dicas e questionamentos sobre veganismo.

Hoje, o Veganos Pobres do Brasil já conta com mais de 55 mil membros e dezenas de receitas são publicadas diariamente. No grupo são compartilhadas receitas de fast food, comidas saudáveis e até algumas com cara de restaurante gourmet, mas preço de boteco. Uma das dicas dos administradores para saber se uma receita se encaixa no conceito de vegano-pobre é usar apenas ingredientes que custem até R$ 10 por quilo.

Olha só algumas das delícias que já rolaram por lá!

Curtiu a ideia? Entra aí!

Publicidade

Fotos: Veganos Pobres do Brasil/Reprodução Facebook


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Antes de morrer, chimpanzé de 59 anos se emociona ao reconhecer primeiro cuidador