Inovação

Adolescente de 16 anos cria anel capaz de monitorar tremores do Parkinson

por: Redação Hypeness

Aos 16 anos, Utkarsh Tandon, um garoto indiano que vive em Cupertino, Califórnia, inventou algo incrível. Para um projeto de feira de ciências do colégio ele criou um anel para ajudar pessoas que sofrem da doença de Parkinson.

O dispositivo chamado OneRing contém um microchip que analisa os padrões de movimento através da aprendizagem automática, e os classifica, registra e ajuda a gerar uma melhor imagem da condição do paciente.

O OneRing foi treinado por algoritmo em centenas de horas de dados de movimento de pacientes de Parkinson previamente validados e revelou padrões subjacentes em relação ao movimento associado a vários estágios da doença.

Os movimentos são categorizados em três níveis – bradicinesia (lentidão de movimentos), discinesia (movimentos involuntários) e tremores. A gravação é enviada para um aplicativo, que compila os dados em um relatório diário. Os dados são enviados ao médico do paciente, permitindo que ele monitore os sintomas e modifique o tratamento de acordo.

Produzido através de uma plataforma de financiamento coletivo, o OneRing ainda não está disponível no mercado.

A doença de Parkinson afeta quase 10 milhões de pessoas em todo o mundo.

Publicidade

Imagens: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Coronavírus: Nasa inventa dispositivo que te impede de tocar o próprio rosto