Debate

Cogumelos alucinógenos podem combater depressão, diz estudo

por: Redação Hypeness

A revista norte-americana Forbes acaba de publicar um estudo dizendo que os cogumelos, sim aqueles famosos nos anos 1960 pelas viagens psicodélicas,  podem ser um importante aliado para pessoas que sofrem com distúrbios mentais.

O trabalho foi realizado pelo Instituto de Estudos e Psicodelia do Colégio Imperial de Londres, na Inglaterra e contou com a colaboração de um pequeno grupo de pacientes que não respondiam bem aos tratamentos convencionais contra depressão.

Com uma semana de intervalo duas doses de 10 mg e 25 mg com resíduos de LSD e MDMA foram distribuídas aos pacientes, que tiveram seus cérebros escaneados por meio de ressonância magnética. Os resultados dos comparativos do antes e depois foram surpreendentes, pois os que ingeriram a psilocibina tiveram mudanças substanciais, especialmente nas partes do cérebros associadas com a depressão crônica.  Os alucinógenos ‘resetam’ áreas do cérebro, reduzindo os sintomas durantes semanas.

Cogumelos alucinógenos podem ser grandes aliados contra a depressão

“Muitos pacientes relataram este efeito de ‘resetar’, por exemplo, uma pessoa [após a ingestão das doses] disse ter se sentido como se o cérebro tivesse sido ‘reciclado’”, relatou o doutor Carhart-Harris, responsável pelos experimentos.

“A psilocibina pode estar dando a esses indivíduos o pontapé inicial que precisam para sair de seus estados depressivos”, completou.

Mesmo em estágios iniciais os testes, disponíveis na página da Scientific Reportsdemonstram que substâncias psicodélicas podem se transformar em importantes aliados em tratamentos de distúrbios mentais.

Publicidade

Foto: Pixabay


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Promotora denuncia repórter da Record por importunação sexual; ele nega e cita revanchismo