Debate

Diversidade ganha terreno com beijo gay em ‘O Outro Lado do Paraíso’

por: Redação Hypeness

A novela O Outro Lado do Paraíso, exibida pela TV Globo está em sua última semana. Escrita por Walcyr Carrasco, a trama outrora criticada por estereotipar os homossexuais, aparentemente atingiu a redenção.

Pelo menos é a impressão que fica após a boa recepção de um dos momentos mais esperadas pelo público, o beijo entre Samuel (Eriberto Leão) e Cido (Rafael Zulu). Depois de idas e vindas, o casal finalmente se acertou e para desespero da família tradicional brasileira expressaram os sentimentos de amor com um beijaço.

“Eu não posso ficar em lugares que não querem que eu fique. Sua mãe fez miséria comigo, Samuel eu vou embora”, ameaça o motorista reclamando da perseguição sofrida pela mãe do médico, que insistia no papo de cura gay.

“Não vai embora, eu não consigo”, diz um choroso Samuel, que na sequência tasca um beijo no amado. Ao vivaço.

O momento foi celebrado pelos próprios atores em suas redes sociais. Rafael Zulu ressaltou a importância da liberdade de sentimento em postagem replicada pelo colega Eriberto Leão.

‘Viva o amor livre’, disse o ator Rafael Zulu

“E viva o amor, independente da forma, quem disse que isso aqui não é uma família?!. Viva o amor”.

Lembrando que o primeiro beijo gay em uma novela aconteceu sob a batuta do mesmo Walcyr Carrasco, em Amor à Vida, exibida pela Globo em 2013.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Novo tiroteio em escola no Brasil reforça urgência de debate sobre saúde mental