Debate

É lei: Redes de fast food precisam declarar calorias de cada produto nos EUA

por: Mari Dutra

Quem nunca se perguntou quantas calorias extras aquele sanduíchão do fast food ia custar à dieta? Nos Estados Unidos, os consumidores passaram a ter acesso a essa informação a partir desta semana.

Trata-se de uma regulação proposta pela Food and Drug Administration (FDA). Segundo a lei, todas as cadeias de fast food com pelo menos 20 lojas no país precisam declarar as calorias de cada um dos produtos vendidos.

A legislação se tornou oficial nesta segunda-feira, 7. Espera-se que a proposta ofereça uma fonte de informação sobre as calorias consumidas e, quem sabe, possa motivar um controle mais efetivo do que é ingerido.

via GIPHY

De acordo com uma análise realizada pelo Journal of Retailing, os clientes que sabem o que estão comendo tendem a consumir 27 calorias a menos por refeição – ou 83 calorias a menos quando estão buscando controlar o peso.

Em um país em que 40% dos adultos são considerados obesos, essa não deixa de ser uma tentativa válida buscando mais benefícios para a saúde pública. Apesar disso, campanhas visando a diminuição no consumo de fast food e comidas ultraprocessadas tendem a ser um caminho mais eficaz nesse sentido.

Publicidade

Foto CC0 Robin Stickel/Unsplash


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Diretores pedem vistas e votação de propostas sobre cannabis é adiada na Anvisa | coluna: Viviane Sedola #2