Debate

Emilia Clarke afirma ter igualdade salarial com elenco masculino de ‘Game Of Thrones’

18 • 05 • 2018 às 10:02 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Enquanto o movimento Time’s Up vem revelando e denunciando os abusos, desigualdades e assédios sexuais que lamentavelmente permeiam as relações profissionais em Hollywood e no showbusiness como um todo, é bom notar que, em pequenos gestos, os tempos começam a mudar. Em entrevista recente, a atriz Emilia Clarke, uma das estrelas de “Game Of Thrones”, revelou um importante indício dessa lenta mudança em meio a um mar de desigualdade: segundo a atriz que dá vida à personagem Daenerys Targaryen, ela desde o início da série ganhou o mesmo salário que os atores homens.

Na entrevista, dada para a revista Variety, a atriz lembra que, apesar da feliz igualdade entre o elenco de “GoT”, seu caso é uma raridade na indústria, e que as revelações recentes das diferenças salariais entre homens e mulheres são “chocantes, realmente chocantes”. A série foi seu primeiro trabalho e, segundo Emily, ela nunca foi “descriminada a respeito do pagamento por ser uma mulher”.

Vale lembrar que quando “GoT” foi primeiro ao ar, em 2011, grande parte do elenco era iniciante e, assim, desconhecidos. Quando a comparação entre o salário de homens e mulheres inclui grandes estrelas da indústria, a desigualdade se faz ainda maior, e a resolução se torna mais complicada. É por isso que, apesar da bom indício, Clarke afirma que segue vigilante a respeito do tema em seus outros trabalhos. “Começamos a lutar com mais força por esses assuntos”, ela disse.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness