Sustentabilidade

‘Estrada de tubarões’ de mais de 800 quilômetros pode se tornar área de proteção

por: Redação Hypeness

Pela primeira vez cientistas filmaram tubarões viajando por uma “estrada” submarina de mais de 800 km, no Oceano Pacífico – entre as Ilhas Galápagos e a Ilha do Coco, na Costa Rica. Trata-se de um caminho seguindo uma série de montanhas submersas, no qual diversos tipos de tubarão e outros animais marinhos, como tartarugas e golfinhos, foram registrados “viajando”. Os cientistas ainda não sabem se a passagem dos animais pela “estrada” se dá para a caça, como rotas de navegação ou por acaso – mas o registro de tal viagem pode ser fundamental para a proteção de tais animais.

Apesar das Ilhas Galápagos e da llha do Coco serem áreas protegidas para pesca em geral, a “estrada dos tubarões” não é, e o registro de tal caminho permitirá o pedido de preservação da estrada como um meio de se preservar a vida desses animais. Quem realizou a expedição – que levou duas semanas até conseguir o registro – e entrará com o pedido é a Fundación PACÍFICO, um grupo costa-riquenho que reúne quatro fundos ambientais diferentes.

A utilização de tais “estradas” à beira de montanhas marinhas foi registrada pela primeira vez, no qual mais de dezesseis espécies de tubarões e peixes foram vistos utilizando o caminho – algumas delas sob risco de extinção.

O perigo de manter essas áreas fora de programas de proteção é dos tubarões acabarem pescados em redes de pesca de atum. Para os cientistas, proteger a “estrada dos tubarões” é o próximo passo pela conservação da espécie.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Brasileira descobre propriedade no eucalipto que pode substituir agrotóxicos