Viagem

Ministério do Turismo quer promover Brasil como destino gay-friendly, nacional e internacional

por: Redação Hypeness

Nesta semana, o Ministério do Turismo, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) e a Câmara de Comércio e Turismo LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) do Brasil firmaram um acordo de cooperação técnica.

O objetivo da parceria é tornar o Brasil como um dos destinos gay-friendly tanto para os itinerários para dentro do país, como os internacionais até 2023. Dentre uma das pautas está o treinamento de funcionários dos aeroportos e a equipe de bordo para não haver episódios de discriminação.

A iniciativa faz parte da agenda atribuída ao governo em referência ao mês de comemoração ao Dia Internacional contra a Homofobia, datado em 17 de maio. De acordo com dados do Organização Mundial do Turismo (OMT), a cada 10 turistas no mundo, um faz parte do grupo LGBT.

Vinicius Lummertz, ministro do turismo, afirmou durante a cerimônia, que o país ainda precisa avançar nas políticas da área.

“O Brasil é uma nação muito conservadora, ainda que diversa, mas o turismo faz muitas coisas acontecerem. Ele aproxima, cria canais, faz as pessoas viajarem, se comunicarem, se entenderem, apesar dos idiomas distintos. O turismo é uma forma de ‘respirar’, de ‘oxigenar’ o Brasil”. Além de tudo, gera muitos empregos e, portanto, é um avanço junto com outros países”.

Lummertz assinou o acordo junto com a presidente da Embratur, Teté Bezerra, e o presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes.

Publicidade

Imagens: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Tobago: florestas exuberantes e praias paradisíacas são alguns dos bons motivos para visitar a ilha