Matéria Especial Hypeness

Pionairs, coletivos criam intervenção artística para sair da zona de conforto

por: Mari Dutra

Publicidade Anuncie


Três coletivos de diferentes universos. Três bolhas criativas. Uma só intervenção co-criada por todos. Essa é a proposta do PIONAIRS, um encontro promovido pela Nike para celebrar os 31 anos de um dos sneakers mais icônicos da marca, o Air Max. A comemoração segue o lançamento de um novo modelo, o Air Max 270, que une o melhor dos modelos 90 e o 180 da série.

Para marcar essa estreia, a Nike convidou dois crews de artistas paulistanos para co-criarem novos projetos tendo o Air Max como fio condutor. O primeiro crew contou com a presença da futuróloga e pesquisadora de tendências Lydia Caldana, dos artistas plásticos Vick Garaventa e Hugo Frasa, do fotógrafo Richard Hodara (do Vision Lights), e o DJ e produtor Jose Hesse (do selo de música eletrônica Domina). Juntos, eles deram origem a uma criatura futurista sem gênero chamada de Riaekin270 – saiba mais sobre ela aqui.


O segundo crew de artistas era composto pelos especialistas em música e luzes da Lumen Craft; do Mooc, um movimento criativo que coloca jovens negros em evidência; e do Brechó Replay, que transforma moda de reuso e arte em uma única coisa.

Este trio de peso foi responsável por uma performance ao vivo durante o evento de cultura urbana e design curado pelo SneakersBR na Red Bull Station, para celebrar o Air Max Day. O processo criativo iniciou em janeiro deste ano e culminou na performance, realizada no dia 31 de março.

Em um estúdio, foram dispostas três mesas com diferentes tons de verde e elementos que representavam cada um dos coletivos. Num segundo momento, estes elementos começam a se fundir, gerando um monstro tecnológico construído de acordo com as questões atuais da sociedade, abordando temas como construção e desconstrução de imagem. Além da performance, a junção também gerou um filme, para eternizar a criação.

O Air Max, o tênis queridinho da Nike – e de muitos de nós -, completa 31 anos em 2018.

Para fazer valer as três décadas de inovação, a Nike decidiu convidar os Pionairs da arte brasileira para criar. São dois coletivos, muitas mudanças, tecnologia, arte, música e design.

Como inspiração para as criações, o Air Max 270, que nasceu da junção de dois modelos Air Max 90 e 180. O resultado disso tudo você confere aqui no Hypeness, outro Pioneiro com os pés fincados no futuro.

 

Publicidade Anuncie

Fotos: Reprodução


Mari Dutra
Depois de viver na Argentina, na Irlanda e na Romênia, percebeu que poderia carimbar o passaporte mais vezes caso trabalhasse remotamente. Hoje escreve para o Hypeness e mantém um blog de viagens, o Quase Nômade, em que conta mais de suas experiências pelo mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fomos até o Rio Grande do Norte ver de perto o festival Mada, que há 20 anos alimenta almas com música independente