Debate

Todos aplaudem a capa da National Geographic, mas o conteúdo da revista é ainda mais forte

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Planeta ou Plástico? Este é o título de capa da nova edição da revista National Geographic que está deixando muita gente chocada. Mas, como diz o outro, se vocês souberem o que as páginas da publicação reservam ficariam enjoados.

Apesar do impacto causado pela montagem de um iceberg se transformando em uma sacola plástica no fundo do mar, o que vai deixar os leitores de queixo caído é o fato do plástico ter se tornado uma das principais ameaças à vida selvagem.

Presente em itens cotidianos, todos os anos 9 milhões de toneladas de plástico são despejadas no ambiente. Dando espaço para uma preocupação antiga de cientistas, a revista propõe um debate sobre novos usos do plástico. Até que ponto este é um objeto indispensável em nossas vidas?

Vamos repensar nosso cotidiano?

“Diariamente nossos fotógrafos e pesquisadores saem em busca de imagens do impacto devastador do plástico em nossos oceanos em um situação cada vez mais séria”, explica Gary E. Knell CEO da Nat Geo.

Aliás, como parte deste esforço de reportagem a National Geographic fez um registro estarrecedor de uma sacola vagando pela Fossa das Marianas, o local mais profundo dos oceanos. Com mais de 11 mil metros de profundidade, a região fica no Pacífico, próximo das Filipinas.

Cientistas encontraram plástico no ponto mais profundo dos oceanos

Precisamos falar sobre plástico

Diante da crescente ameaças líderes mundiais já começam a se movimentar. A primeira ministra britânica Theresa May anunciou que até o ano que vem o Reino Unido vai proibir todos os plásticos não reutilizáveis.

A decisão do governo britânico vem como um importante passo na direção do cumprimento do Plano Ambiental de 25 anos, que visa, entre outras coisas, o fim da poluição plástica pelos países da comunidade britânica.

Entre as medidas governamentais é necessário um investimento maior em reciclagem e claro, na qualidade de trabalho dos que atuam neste setor. Atualmente no Brasil o índice de reciclagem mecânica dos plásticos é de aproximadamente 20%, na Europa é de 29,7%, ou seja, há uma longa estrada pela frente.

Publicidade Anuncie

Fotos: Divulgação/National Geographic


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Bruna Marquezine fala de traumas e relembra assédios que viveu no passado