Fotografia

A história por trás da foto mais emblemática da Copa até aqui

por: Vitor Paiva

Para além de somente uma competição de futebol, a Copa do Mundo é em seu sentido mais bonito e perene um grande encontro – uma celebração à diversidade, às diferenças e semelhanças, a multiplicidade que define o ser humano e, diante de tal amplitude, da certeza de que somos também e ao mesmo tempo iguais. Foi esse sentido que uma fotografia capturou, e que vem sendo vista até aqui como a mais impactante imagem da Copa de 2018 – e que curiosamente envolve dois brasileiros.

A imagem foi registrada no último dia 19 de junho, durante a partida entre Polônia e Senegal, pelo fotógrafo brasileiro Rodrigo Villalba. Nela se vê o contraste absoluto na cor de pele entre dois jogadores que se dão as mãos – o craque senegalês Sadio Mané (também estrela do Liverpool) e o zagueiro Thiago Rangel Cionek, brasileiro que se naturalizou para jogar pela seleção polonesa. Depois de conseguir o clique perfeito – no exato instante em que Thiago ajudava Mané a se levantar – ao invés de ser enviada para agências de notícias, pelo evidente impacto e beleza que trazia foi publicada por Rodrigo diretamente em sua conta no Instagram – e, desde então viralizou.

Depois que a própria Fifa publicou o registro na conta oficial do torneio no Instagram, a foto de Rodrigo já foi compartilhada dezenas de milhares de vezes em meios diversos – tornando-se, até aqui, a mais importante imagem do Mundial, com milhões de likes nos diversos compartilhamentos. Para o fotógrafo, essa é a foto de sua vida – sua foto “divina”, como ele mesmo definiu. Antes desse momento perfeito, ele havia conseguido o clique semelhante abaixo, mas que pela manga verde do jogador de Senegal, não tinha o mesmo impacto.

Segundo Rodrigo, desde que as duas seleções entraram em campo, e que reparou no contraste entre a tonalidade da pele dos jogadores, ele esperou por tal imagem – como se sentisse que a irmandade na diferença, a igualdade pelo contraste e a comunhão para além de qualquer dessemelhança são de fato o melhor espírito que a Copa pode trazer. E ele tinha razão. A partida terminou 2 a 1 para Senegal, e sua foto já entrou para a história da competição.

Polônia x Senegal @russia_2018___ @fifaworldcup @arfocsp #arfocsp

A post shared by Rodrigo Villalba (@rodrigo.villalba.fotografia) on

Publicidade

© fotos: Rodrigo Villalba


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
As comoventes fotos vencedoras deste concurso de fotografias com o tema ‘bondade’