Debate

Assistir o Brasil na Copa aumenta riscos de problemas no coração, aponta estudo

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Sabe aquela máxima de que o jogo é pra cardíaco? Na verdade ela é muito mais do que um mito criado por narradores de futebol. De acordo com médicos ver os jogos do Brasil na Copa do Mundo podem aumentar as chances de problemas do coração.

Segundo estudo capitaneado por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto a incidência de infarto entre os anos de 1998 e 2010 é 8% maior quando a seleção entra em campo.

Além claro das pessoas que já convivem com doenças coronarianas, os demais torcedores sofrem em função da grande carga emotiva. Com o nervosismo o cérebro ativa o sistema endócrino, estimulando a liberação de doses elevadas de hormônios do estresse na corrente sanguínea. Assim as paredes dos vasos se contraem e o fluxo do sangue encontra menos espaço, o que afeta diretamente o ritmo de batimentos do coração e as variações cardíacas. Os riscos de derrame ou acidente vascular encefálico são muito grandes.

Tem que segurar o coração durante os jogos

Algo parecido aconteceu com Diego Maradona durante o jogo da Argentina contra a Nigéria no último dia (26). Bastante nervoso, o ídolo portenho teve um pico de pressão alta e precisou ser atendido por uma equipe médica após a vitória sofrida da seleção argentina. Maradona passa bem.

Diante deste cenário é sempre bom manter os exames em dia e claro, controlar as emoções e se sentir algo não hesite em procurar atendimento médico.

Não tá fácil para os argentinos não

Publicidade Anuncie

Fotos: foto 1: Roberto Castro/Fotos Públicas/foto 2: Reprodução/Facebook Oficial


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Tem homem irado com o comercial da Gillette. Mas eles não deveriam