Sustentabilidade

Marca gaúcha lança carteiras, tênis e até camisetas de ‘papel’

por: Vitor Paiva

Responsabilidade ambiental e consciência sustentável precisam levar as empresas a repensarem não só o material que utilizam para fabricar seus produtos, como também a maneira com que os fabricam e até mesmo a quantidade fabricada. Para corresponder a tais necessidades urgentes, a empresa gaúcha Dobra radicalizou: suas camisetas e tênis são produzidos com “papel”.

Na realidade, a matéria-prima dos produtos da Dobra é uma fibra leve e reciclável que tem aparência muito semelhante a uma folha de papel, mas que é resistente à água e não rasga. A empresa foi criada em 2013, fabricando inicialmente carteiras também tendo a fibra – que, segundo o site da empresa, é utilizada até mesmo pela NASA – como base.

Nas camisetas, feitas com algodão, o bolso da frente é produzido com o “papel”, e pode ser trocado. Nos tênis, a parte externa é feita com a fibra, enquanto o cadarço e o forro são feitas com garrafas PET recicladas. A sola, também totalmente reciclável, é feita com PVC.

O diferencial consciente da Dobra, no entanto, definitivamente não para por aí: todos os seus produtos são artesanais e a empresa não possui estoque, para não causar danos ao meio ambiente e combater o desperdício de matéria-prima – assim, os produtos são fabricados depois da compra.

E mais: todos os funcionários da empresa propriamente ganham o mesmo salário e o mesmo percentual das vendas – dos sócios-fundadores ao mais recente empregado.

bolso que troca facinho. e não é de enfeite: é suuuuper resistente, pode levar o que quiser dentro 😉 na compra de uma camiseta dobra vc escolhe dois bolsinhos de presente, pra trocar a estampa de acordo com seu humor. ou dos os amigos que estiverem em volta pra trocar junto 🙂 . do que é feito? as camisetas têm base feita com Velcro original, super resistente e durável. são fabricadas com um dos melhores tecidos do mercado 100% algodão, super macia e gostosa de usar. os moldes foram feitos do zero: compridinha no ponto certo, mangas menores e gola mais larga. os bolsinhos são feitos do mesmo material que a carteira, o tyvek, que parece papel mas é bem mais resistente. as estampas são criações de vários artistas do país que recebem parte do lucro das vendas. ou seja, cada bolso que vc escolhe gera valor e incentiva a arte independente. 💛 . . . #querodobra #collab #designbrasileiro #sustainablefashion #recycle #handmade

A post shared by dobra (@querodobra) on

A matéria-prima é toda encomendada de fornecedores locais, e a empresa ainda possui um fundo de ações sociais. Intitulado Dobra+1, a empresa doa 1 real para o fundo a cada produto vendido. O Dobra+1 já conseguiu reformar uma escola danificada pelas chuvas, e o projeto segue em frente.

Não é exagero, nesse caso, afirmar: se todas as empresas fossem como essa, o mundo seria rapidamente um lugar melhor – e mais bonito, pois os produtos são uma beleza.

Publicidade

© fotos: Instagram/divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
3 mega eventos pra pensar gastronomia, sustentabilidade e futuro no mês da alimentação