Debate

Morreu aos 46 anos Koko, a gorila que se comunicava por linguagem de sinais

por: Redação Hypeness

“Ícone da empatia e da comunicação entre espécies”, definição encontrada pela The Gorilla Foundation para anunciar a morte aos 46 anos de Koko, gorila que aprendeu linguagem de sinais.

Viva alguns anos além da expectativa de vida para os animais de sua espécie, a gorila fêmea faleceu enquanto dormia nos Estados Unidos. Sua habilidade de se comunicar por sinais é resultado de uma interação com seres humanos de mais de 40 anos.

Os primeiros passos foram dados em meados de 1971, quando Koko, rejeitada por sua mãe, teve seu crescimento acompanhado pela pesquisadora da Universidade de Stanford Penny Patterson. Ao longo da vida Koko adquiriu a capacidade de saber utilizar mais de mil palavras diferentes na Linguagem Americana de Sinais.

Koko desenvolveu uma habilidade incomum aos animais

Mesmo com o sucesso e com a fama mundial – garantindo encontro com personalidades como o ator Robin Williams, muitos ativistas criticaram a atitude Penny em introduzir a comunicação por sinais. Para pesquisadores a novidade provocou um comportamento anti-natural na vida do animal. Patterson garante que o método possibilitou avanços na compreensão da inteligência dos animais.

Abaixo um dos últimos vídeos de sucesso protagonizados por Koko na internet:

Publicidade

Foto: Reprodução/YouTube


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
De ‘shorts Anitta’, Bruna Linzmeyer responde motorista que assediou menor de idade