Ciência

Novo estudo ‘descobre’ como os ‘chapéus’ das estátuas gigantes da Ilha de Páscoa foram colocados

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Diante das imensas “cabeças” de pedras vulcânicas que povoam em quase mil estátuas há milênios a Ilha de Páscoa, conhecidas como Moais, algumas perguntas se fazem inevitáveis: como um povo ancestral foi capaz de construir e mover as toneladas de pedra que formam tais obras? Pois ainda que boa parte do mistério ao redor dos moais permaneça, uma dessas dúvidas foi finalmente respondida: cientistas descobriram como as estátuas “receberam” seus Pukaos, os chapéus de cerca de 13 toneladas cada que algumas delas possuem em seus topos.

Segundo a descoberta, a técnica utilizada pela antiga população polinésia que habitava a hoje província chilena é semelhante a que europeus usavam para levantar navios afundados. Após rolarem as pedras de pedreiras locais até a beira das estátuas, para a instalação utilizavam cordas e aterros, levantando pouco a pouco os chapéus. Eventualmente os moais eram levemente inclinados, a fim de que os Pukaos fossem rolados sobre as cabeças sem maiores danos – para depois as estátuas serem enfim aplainadas.

Acima, diagrama que mostra como, com aterros e cordas, os “chapéus” eram movidos

Tal descoberta pode ajudar a desvendar os tantos outros mistérios que rodeiam a Ilha de Páscoa e seus Moais. Dessa forma, segundo a pesquisa – que se baseou em diversas evidências, como vestígios de aterros e algumas cavidades especiais nos chapéus de pedra, que permitem que os Pukaos fossem levantados e não caiam das cabeças – torna-se possível que uma pequena população como era a da Ilha construísse monumentos sem tantos recursos ou mesmo uma grande quantidade de escravos. Com a física e boas ideias, tudo parece mesmo ser possível.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Google abre inscrições para bolsas de pesquisa na América Latina