Debate

O veto aos telões fez com que torcedores assistissem jogo escondidos por cortinas

por: Redação Hypeness

Dizem por aí que Vila Madalena não é mais a mesma. Outrora um dos bairros mais boêmios de São Paulo e caracterizado pela diversidade de pessoas e atrações, a região localizada na Zona Oeste da capital paulista está passando por mudanças em sua dinâmica.

Em função da reclamação, muitas vezes justa de moradores do bairro sobre a superlotação e poluição das ruas, os bares e estabelecimentos comerciais estão alterando seu funcionamento. Entretanto até que ponto os ajustes estão passando dos limites e excluindo pessoas de regiões mais pobres?

Neste domingo (17) a seleção brasileira fez sua estreia diante da Suíça e mais uma vez muitos paulistanos se aventuraram nas ruas e bares da capital. Mas ao contrário da imagem de ruas lotadas e pessoas celebrando a Copa do Mundo, os barzinhos da Vila estavam isolados com cortinas.

Vila Madalena está mudando e tem gente percebendo uma gentrificação rolando

O fechamento dos bares com cortinas e tapumes é resultado de um veto da Prefeitura de São Paulo, que atendendo aos pedidos da Sociedade Amigos da Vila Madalena, proibiu o uso de telões para a exibição do jogo.

Com a nova medida muitos bares aproveitaram para cobrar preços abusivos. Para acompanhar o Brasil dentro de estabelecimentos na Rua Aspicuelta, por exemplo, o cliente tinha que desembolsar entre 80 e 150 reais pelo ingresso.

Flertando com a gentrificação o veto, que evita “atrair uma quantidade de público elevado”, forçou muitas pessoas a acompanharem a estreia no Mundial pelas frestas das cortinas decoradas com a bandeira do Brasil.

Publicidade

Foto: Reprodução/Mariana Godoy Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Série ambientada em escola pública retrata realidade do ensino noturno no Brasil