Debate

Pesquisadores encontram água contaminada com urânio em 16 estados da Índia

por: Redação Hypeness

Um novo estudo da Duke University relata que a contaminação por urânio em águas subterrâneas de aquíferos é comum em 16 estados indianos. Embora grande parte da contaminação por urânio seja natural em sua origem, o declínio do lençol freático e a poluição por nitratos da agricultura também contribuem para o problema. O maior problema desta contaminação é que altos níveis de urânio na água potável têm sido associados à doenças renais crônicas.

“Os resultados deste estudo sugerem fortemente que há uma necessidade de revisar os atuais programas de monitoramento da qualidade da água na Índia e reavaliar os riscos à saúde humana em áreas de alta prevalência de urânio”, disse o coautor do estudo Avner Vengosh ao Phys.org. “Desenvolver tecnologias eficazes para remediar e práticas preventivas de gestão também devem ser prioridades”.

O processo do urânio contaminar a água é natural, mas as autoridades devem tomar medidas preventivas

O processo do urânio contaminar a água é natural, mas as autoridades devem tomar medidas preventivas

A equipe de pesquisa reuniu seus dados de 324 poços nos estados de Rajasthan e Gujarat, além de 68 estudos anteriores sobre geoquímica de águas subterrâneas nas mesmas áreas. O urânio é freqüentemente encontrado em rochas, o que, sob condições ambientais variáveis, permite que ele se infiltre mais facilmente na água. Grande parte do cascalho, argila e sedimentos que são encontrados nos aquíferos da Índia chegaram lá a partir das montanhas do Himalaia, cujas rochas contêm altos níveis de urânio. Como os aqüíferos da Índia são superexplorados para apoiar a indústria agrícola, a oxidação dessas rochas permite que o urânio escape e contamine o ambiente ao redor.

Embora a Organização Mundial da Saúde tenha estabelecido um padrão provisório de segurança para o teor de urânio na água potável, o regulamento não foi adotado pelas Especificações de Água Potável do Escritório de Normas Indianas. “Uma das conclusões deste estudo é que as atividades humanas podem piorar uma situação já ruim, mas também podem melhorar”, disse Vengosh. “Incluindo um padrão de urânio na Especificação de Água Potável da Índia, com base nos efeitos de danos renais, o estabelecimento de sistemas de monitoramento para identificar áreas de risco e a busca por novas formas de prevenir ou tratar a contaminação por urânio ajudarão a garantir o acesso à água potável para dezenas de milhões de pessoas na Índia”.

Publicidade

Fotos: Nithi Anand


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mãe perde guarda de filho por morar no subúrbio do Rio: ‘Menino precisa de exemplo paterno’