Diversidade

Apenas 1% dos personagens de livros infantis são negros ou asiáticos

por: Redação Hypeness

Nós crescemos lendo livros infantis com pouca ou nenhuma diversidade. Personagens negros e asiáticos eram raros nas páginas destas histórias e, apesar de a representatividade ser um tema cada vez mais em pauta, ela ainda não chegou à literatura infanto-juvenil.

É o que aponta uma pesquisa inglesa, que destaca que apenas 1% dos protagonistas de histórias infantis pertencem a minorias étnicas – e somente 4% de todos os livros voltados a esse público representam pessoas de diferentes etnias.

Foto: Penguin Random House

A análise foi realizada em conjunto pelo Arts Council England e pelo Centro de Alfabetização no Ensino Primário e divulgada pelo jornal The Guardian. Foram analisadas as 9.115 obras publicadas em 2017 no país. Entre aquelas que mostravam minorias étnicas, 10% tratavam diretamente sobre temas relacionados a injustiças sociais.

Foto CC0 via

Quem pensa que os livros são os representantes da falta de diversidade na sociedade britânica irá se surpreender ao saber que que quase um terço das crianças em idade escolar na Inglaterra pertencem a minorias étnicas.

Publicidade

Créditos das fotos sob as imagens


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Eu chamo isso de parceria própria’: Emma Watson rebate pressão para casar e ter filhos aos 30